.20 de fev de 2015

O Tit-Tac da Vida

 





Os dias passam
As horas parecem voar.
Nem consigo me concentrar.

Os minutos parecem átomos em evolução.
As tarefas se amontoam em cima da mesa.
Até que se condensa.
Estão a ponto de entrar em erupção.

Vida corrida
Nem percebo a subida
Olho-me no espelho
Estou vermelho.

Vermelho do sol
Cansado do cotidiano.
Que parece ser o mesmo a cada ano.

Não me desencanto.
Estou jogado num canto.
Onde tu encanto?

Passa a vida
E ela me fita.
Por que não fui sua favorita?

Vejo-me no espelho e estou perdida.
Mal vista e despedida.

Perdi a essência do viver
Só quis o querer
Envolvida pelo ter.
Esqueci de ser.

Vida me traga o amor.
Sepulte minha dor.
Quero sentir teu calor.

Vida quero ter ver.
Não vou mais esconder.

Oh,vida não seja maldita
Quero ser tua favorita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger