.28 de abr de 2015

Lição N°18: "O passado deve ser enterrado e apenas usado para aprendizagem e não para lamentos."

"O passado deve ser enterrado e apenas usado para aprendizagem e não para lamentos."


Já perceberam quantas oportunidades na vida já perdemos porque somos paralisados pelo nosso Passado? Isso acontece, porque não eliminamos a culpa acumulada de escolhas impensáveis e  muitas vezes respaldadas na impulsividade. Não pensamos antes de agir e colhemos maus frutos.

Normalmente, como diz Augusto Cury em seus livros voltados ao comportamento humano que nós - seres humanos - damos mais voz as janelas destrutivas - Janelas Killers - dentro de nossas mentes do que abrirmos mais janelas apaziguadoras - Janelas Light -  que aliviariam nosso traumas internos e nos libertariam para novos caminhos.


Quando nos deparamos com situações que lembram situações já vividas, automaticamente nossa mente libera lembranças guardadas nessas janelas - Leia mais sobre A Teoria das Janelas da Memória no livro Mulheres Inteligentes, Relacionamentos Saudáveis - podem ser boas e maus e isso as pessoas não percebem. Naturalmente, somos tentados à valorizar nosso erros - isso é discutido nas Ciências Sociais - devido a pressão social advinda da sociedade capitalista que exige sempre Perfeição em seus empreendimentos.

Já percebeu que um erro numa linha de produção  de uma indústria automobilística caso não for percebido antes do final do acabamento desses automóveis pode gerar problemas no funcionamentos dos mesmos? Por isso, cada pessoa é designada à ter atenção no seu "pedaço" da produção e evitar eventuais problemas. Se numa indústria eles fazem um sistema de atenção, porque nós não trabalhamos para filtrar o que deve ser ou não usado em nossas atitudes? Qual o peso de determinada escolha? No que se baseia nossas escolhas?


Nos museus a História é contada de diversos pontos de perspectiva. Depende muito do que se contar e qual o objetivo do museólogo para com seu público. Ele tem que delimitar qual a informação que quer passar para os visitantes. Desconstruir a imagem dos "Vitoriosos" e mostrar a versão dos "Derrotados" - prática dos museus contemporâneos - e gerar dúvidas nos observadores. Fazerem questionar seus conceitos e o que aprenderam até agora. Paralelamente, percebemos que tudo depende da visão pessoal de que temos em relação a determinado assunto. Entretanto, temos que levantar em conta que existem diversas perspectivas diferentes. Seria como colocar um mesmo prisma sob ângulos diferentes e veríamos que ele refletirá cores distintas.

O passado é apenas Lição. Só repetimos um mesmo erro se quisermos. Não há obrigação de erros iguais. Lembre-se a vida humana é marcada por erros e acertos. Ouse errar novamente, mas de forma diferente. Cresça com seus erros. Faça as pazes com seu passado e viva seu presente. Não alimente os fantasmas chamados de Passado e Futuro. Um já morreu e o outro não existe.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger