.21 de mai de 2015

Lição n° 36: " Tome banho na chuva pelo menos uma vez no ano."


Por que decidir falar sobre chuva? Hummm...deixe-me pensar! Ah, porque hoje está CHOVENDO.

Estou escrevendo isso e a chuva cai furiosamente lá fora. Sem dor e nem piedade. Para frutificar a terra, dar vida aos animais, eliminar a sujeira das ruas, levar impurezas para outros lugares, purificar a terra, anunciar um clima mais frio. Tantas coisas a chuva pode significar.

Algo que amo fazer desde guria é tomar banho na chuva. Quando eu tinha 10 anos, ia eu e minha irmã tomar banho na chuva com meus amigos na rua. Corríamos igual malucos pela rua sem asfalto...descalços...sem medo de machucar os pés. Queríamos conversar com a chuva. Conversa silenciosa. Só o corpo e a água. Limpava nossa fome de RENOVAÇÃO.


Corríamos sem rumo. Apenas com o prazer de se sentir íntimo dela. Ansiamos por sua chegada. Desejávamos ser amigos. Queríamos um elo entre o hoje  e o amanhã. Liberdade é o que ecoava com cada gota da chuva molhando nos corpos infantis. Estávamos tomados pela sensação de Amor. Estávamos próximos da Natureza. Abraçados pelos seus braços. Entregues aos seus cuidados.

Se você NUNCA tomou banho na chuva, não sabe o que está perdendo. É uma sensação agradável e sem palavras. Até hoje sempre fujo para  carinho da Natureza. Quero Paz. Descanso. Renovo. Afago. Entrego-me sem medo á chuva. Corro desnuda de recriminações. Não sou mais adulta. Tornei-me a garotinha de dez anos.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger