.29 de mai de 2015

Lição n°38: " Permita-se sentir saudades."

 " Permita-se sentir saudades."

Esses dias a saudade invadiu meu coração. Pegou-me de uma forma inesperada e surpreendente. Estou em um estado de melancolia e saudosismo. Perdida em lembranças e sentimentos. Memórias vem e vão como as correntes do mar que aparecem furiosamente e se vão sem aviso prévio deixando somente a maresia e o aroma de sua presença.

Minha irmã viajou e foi morar em outro estado. A saudade ficou e as lágrimas aparecem constantemente, mas o amor permanece em meu coração. Sei que ela está trilhando seu caminho, assim com todas as pessoas que já passaram por minha vida. Chegam fazem festa e se vão deixando a música que tocava no ar e o aroma de suas companhias marcadas em minha memória.

Não importa o tempo que permaneceram em minha vida, mas as marcas que ficaram comigo. Marcantes e Inesquecíveis.


Esse texto é especial para minha irmã e amiga Anajara que amo e sempre amarei.






Um comentário:

  1. Minha maninha linda e abençoada que amo muito.
    Com muita saudades de você,de altos bapos do cotidiano,mesmo com a distância o amor e amizade, vence todas as barreiras.Depois ,em breve,estaremos juntos novamente.
    Te amo muito,mana!
    Muitos Livros e Sucessos!

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger