.4 de mai de 2015

O Amor é para os Fortes!


O amor é o paradoxo mais delicioso que existem. A dualidade mais convidativa para os seres humanos.

O doce veneno que todo mocinho toma com gosto somente para ter sua amada ao seu lado mesmo que isso seja na morte. O amor parece sempre está ligado ao sofrimento. Sacrifício. Nunca se viu amar e não haver sacrifícios de ambas as partes.

O amor é um sentimento sem conceito. Solto. Independente. Caótico dentro de sua leveza. Complexo dentro de sua simplicidade. Divino dentro de mortalidade. Sábio dentro de sua impulsividade. Ingênuo dentro de ousadia. Intenso dentro de sua suavidade. Forte dentro de sua fragilidade. Livre dentro de sua prisão.

Desde de criança acreditei que o amor só existirá uma vez na vida de todas as pessoas. Que só amaríamos uma vez. Sabe como ver o cometa Haley passando perto da Terra? Sorte de quem o ver duas vezes na vida. Eu não vi nenhuma hehe. Entretanto, com o amadurecimento e um baú de aprendizagens e feridas - já curadas - aprendi que se amar de diversas formas.

Não há só um amor. Tem-se muitos Amores. Em cada fase da vida teremos um amor diferente. Em cada estágio do nosso ser, somos atraídos pela pessoa que melhor se encaixa com nossa atual situação amorosa. Claro, que teremos um GRANDE AMOR. Sabe aquele que vai causar um grande rebuliço em nossas vidas. O GRANDE AMOR que vai tomar seus pensamentos 24hs por dia. Um GRANDE AMOR que vai fazer suas mãos suar, delirar e perder a cabeça. Sabe, perder a sanidade. Não vem com essa de que nunca quis um amor desse, porque sei que é balela...todos nós queremos nos sentir VIVOS e só amando para que esse sentimento desperte em nós. Só amando sabemos o motivo de nossa existência.

Aprendemos com os erros, porque não aprenderíamos com os relacionamentos que não deram certo? Tudo sempre acaba com uma lição. Sabe como as fábulas que líamos quando eramos crianças e tinha aquelas lições de moral no final das historinhas. Assim são os rompimentos, inícios e fins de relacionamentos. Há dor, sofrimento, frustração, mágoas e um monte de sentimentos juntos que parece que vamos morrer. Realmente, morre uma parte de nós, mas surge uma nova. Nunca mais somos os mesmos quando entramos e saímos de uma relação. O certo é escolher ficar o melhor dessa fase. Sabe dar um enterro digno aos pormenores do término e sepultá-los para sempre, para saímos inteiros para o próximo amor. Não venha com essa de que não tem mais jeito para mim...que tenho dedo pobre que isso é apenas fase. Só se cura uma ferida de amor com um novo amor.



Uma hora o Amor cruza seu caminho e traz aquela pessoa que sempre será o que NECESSITAMOS. Aprenda tem pessoas que desejamos e outras que NECESSITAMOS. As que desejamos tem apenas o que é supérfluo e efêmero para nós. As que necessitamos são essenciais as nossas vidas. Parecem ter o que nos mantém vivos e com coração pulsante. É aquela pessoa que parece ter seu respirar. Tem o poder do seu destino nas mãos dela. Aquela que podemos brigar, porque esqueceu o aniversário do casamento, namoro ou do primeiro beijo, mas é que AMAMOS. Pode ser aquela que seus pais detestam, entretanto é que deu o sentido de sua existência. Aquela que você consegue ser você de VERDADE.

Num relacionamento pode ser igual ao café pronto. Uma hora quente e convidativo. Muito êxtase e excitação inicial...um aroma de muita paixão latejante, com o tempo ele vai esfriando devido a ação dos fatores externos, como o vento e afins... tudo torna-se morno e igual. Parece estagnado. Todavia, se colocamos novamente no fogo, ele reaquece e traz o mesmo cheiro e convide anterior. Claro, tem momento que o café requentado não é mais convidativo e só um novo pode satisfazer nossa necessidade, mas todo apreciador de café sabe o ponto certo da troca. Então, nós temos que perceber quando algo pode continuar agradável e quando não tem mais chances.

Amar é jogar na loteria. Altos custos. Sacrifícios. Noites mal dormidas. Insegurança. Medo de perder quem se ama, mas tudo vale a pena. A recompensa é imensa. Sem limites. Ver o riso de quem amamos é algo indescritível. Tocá-lo. Abraça-lo. Amá-lo. Beijá-lo. Tê-lo é a maior recompensa da vida. O Amor é para os FORTES.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger