.9 de jul de 2015

[ Resenha ] Amor de alto risco - Li Mendi


Nome: Amor de alto risco
Autora: Li Mendi
Ano: 2012
N°de páginas: 84

SINOPSE:
Jéssi, uma rica fazendeira, coloca a mochila nas costas e chega ao Rio de Janeiro para dividir um apartamento e começar a faculdade. É aí que a sua estória se cruza com a de Paulo, um estudante de direito que não terá paciência com a caipirinha que acaba de chegar ao seu apartamento com todas aquelas malas rosas.  A garota vira alvo de ex-clientes insatisfeitos de seu pai e coloca Paulo em várias enrascadas perigosas. A solução encontrada pelo seu pai é colocar um batalhão de seguranças ao seu redor.

Esse livro li em mais ou menos 1hs. Super rápido a leitura e bem deliciosa e proveitosa também. Li por curiosidade e também, porque queria uma leitura leve e rápida.

Bem a estória começa com a ida de Jéssi para o Rio de Janeiro. Sabe aquele sonho que a maioria das pessoas que moram em cidades no interior tem de estudar em uma cidade grande, assim é Jéssi que sonha em estudar na capital carioca Direito e ficar longe de seu ex namorado que a traiu e as vigilâncias de seu pai em sua vida.

Ela vem de uma família de pais separados. Entendemos que sua mãe ainda ama seu pai, mas se separou porque ele trabalha como consultor e seus negócios muitas vezes trazem inimigos que fazem ameaças constantes à sua família.

“Desculpe. Não falei por mal. Claro que nem todo casamento não vai dar certo como aconteceu com você e papai. Mas, não sei, eu sinto que estamos caminhando pelo caminho e não pela vontade em si de caminhar. ”

Seus pais são contra sua viagem, mas Jéssi é insistente e consegue o aval. Ela fica radiante com a ideia de ter uma vida independente e longe das pressões de seus pais. Ela só não sabe que seu pai contratou um segurança para vigiá-la. Ele se chama Paulo e é um jovem que sabe o que é dificuldades e tem uma filhinha linda de sua ex esposa que foi morta por um traficante. Ele mante escondido sua função real. Ele trabalha para o inimigo do pai de Jéssi. Fora designado para ficar perto dela. A atração por essa garota foi de primeira. Viu a foto e logo se encantou. Nada de misturar as coisas. Tudo envolve um risco.

Paulo sempre fora responsável com suas tarefas em seu emprego obscuro. Sua irmã muitas vezes pediu-lhe para sair dessa vida, mas ele sempre explica que assim paga a escola de sua família e dar uma vida digna para elas.

“Eu não dou satisfação para ninguém sobre meus pecados. Eu mesmo pago minhas penas e não divido nem culpas ou remorsos com ninguém. Às vezes, dá orgulho. Noutras horas, temor, mas, em nenhuma, arrependimento. ”

 Jéssi chega ao Rio e vai morar no apartamento de Paulo. Algo que seu pai já planejara antes. Ela se dar bem com ele e ele sempre a ajuda quando ela precisa, mas a relação deles vai crescendo e percebemos que vai ultrapassando as barreiras da amizade. Paulo percebe que precisa se controlar. Ele está sendo vigiado e não pode falhar. Sua vida estará em risco se envolver com essa garota.

“Ela era decidida e, ao mesmo tempo, conseguia parecer frágil. Duvidava se eu tinha que protegê-la ou se pedir que me amparasse. Como alguém conseguia passar confiança e espanto em ritmos tão oscilantes? Eu não era muito bom ainda em sua interpretação. ”

Com a convivência e a proximidade já que estudavam na mesma faculdade e no mesmo curso, Jéssi e Paulo começam a ser apaixonar. Paulo sabe que isso pode não acabar bem, mas deixa ser levado pelo encanto de sua amada. Não esquecia do beijo no trote que ganhara numa brincadeira que Jéssi não gostou muito no fim.

“Ela estabelecia um encanto sobre mim a cada dia. Era preciso me conter e manter distância. Tentava fazer isso com meu corpo, mas meu coração seguia por conta própria pulsando ao ritmo de seu sorriso. Amei desde o primeiro sorriso daquela foto e, já ali, eu senti que aquela garota marcaria minha vida. ”

 Eles começam a se envolver. O amor cresce e a paixão aumenta. Nessa fase Paulo nem se importa mais com sua missão. O que acontece é que o seu chefe descobre e o tira do caso e mente para Jéssi dizendo que Paulo é gay. Ele não pode desmentir. A vida de sua filha está em risco se contar a verdade. Ele está perdendo sua amada e não pode lutar.

“Eu te confundo com outras moças e acho que posso tudo. Por favor, não procure abrigo no peito do teu traidor. Estou vivendo um romance sem nexo, um amor sem sexo, e você ainda me diz que gostou. Eu te quero não podendo te querer e por mais que te empurre para longe, quando vejo você voltou. ”

Após a separação Jéssi fica confusa e acaba se envolvendo com o seu Ex, que para mim sempre foi um idiota e mal-intencionado. Ela estava confusa e triste.

Nesse fim que parece terminar nada bem Jéssi é sequestrada e quem poderá salvá-la? Isso só lendo para saber. Só adianto que esse episódio decide o rumo da vida não só dela, mas de Paulo e todos que vivem ao redor dessa jovem caipira.

“Se a gente não pode estar perto de quem queremos, temos que aprender a querer quem está perto. Tentei fazer como pediu e esquecer o passado. Eu aprendi muitas coisas nesses meses e com ele deve ter sido igual. ”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger