.21 de jul de 2015

[Resenha] Não Espere pelo Amanhã - Josy Stoque

Nome: Não Espere pelo Amanhã
Autora: Josy Stoque
Editora: E-book/Independente

N° de páginas: 238 
Onde comprar:

SINOPSE:

Era apenas para ser a primeira missão de Évelyn Lacerda pela Agência Brasileira de Inteligência e mais um dia burocrático para Samuel Black no Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro. Mas seus caminhos se cruzam em um perigoso jogo de vida e morte, atração e repúdio, amor e ódio. Eles farão qualquer coisa para cumprirem suas missões e se livrarem do desejo e da aversão que surgem entre eles ao primeiro olhar. Para seu azar ou sorte, um inimigo em comum os colocará do mesmo lado e eles terão que lutar juntos para sobreviver.

Primeiro livro erótico que leio na vida. Já li New Adult, mas eles são mais "leves" que os eróticos. Então já sabem né? Fiquei vermelha em muitas partes. Parecia uma adolescente que não sabia de nada que acontecia nos momentos Hot de Eve e Sam, mas depois de 5 capítulos lidos, eu fiquei tranquila e perdi a inibição inicial.

Para quem tem preconceito com o gênero melhor nem Ler. Sou sincera com as pessoas e seus preconceitos bestas. Normalmente ouço as pessoas falarem: "Jo, não gosto de eróticos." Ai eu pergunto: Já leu para saber se não gosta mesmo? A pessoa fica muda e sei que nunca leu. Sempre são levadas pelas opiniões alheias. Acham que os livros não tem profundidade e só falam de Sexo. Negativo! Não Espere pelo Amanhã tem um erotismo exalador em cada palavra e isso atrai muito as pessoas que se abrem a leitura e os personagens - Eve e Sam - são muito convidativos aos leitores. Eve é extremamente impulsiva e Sam é completamente sério, centrado e racional. É um choque suas personalidades e sua atração fulminante se dar no momento que cruzam seus olhares.


Eve é uma agente disfarçada da Agência Nacional de Espionagem e Sam Black um espião da CIA infiltrado no Brasil para ganhar informações privilegiadas sobre as empresas nacionais e dar aos EUA. Ele é um homem de muitas cicatrizes não só físicas, mas emocionais. Perdeu a mãe no atentado de 2001 e sua amada numa atentado terrorista no Iraque e para completar não fala com o pai. Eve sempre fora protegida pelos seus pais e seu amigo colorido Carlos. Ela sempre age por impulso e a intensidade de suas emoções. Bem diferente da racionalidade de Sam.

Eles são tomados por um amor passional quando se enfrentam devido o Sam descobri que Eve estava vigiando seus passos. Eles são bodes expiatórios de suas agências e foram envolvidos em um atentado terrorista. Caíram numa armadilha e agora estão juntos para sair dessa cilada que pode acabar com suas vidas e de quem amam tanto.

A história é contada pelos dois personagens. Um capítulo Eve fala e na outra Sam também anuncia os fatos partindo do seu jeito de ser. Isso engrandeceu muito a leitura, porque eles são bem diferentes e suas visões dos fatos e do outro são antagônicas e acabamos conhecendo profundamente eles e não aquela chatice que muitos autores preferem de um único narrador-personagem no livro e acaba reduzindo o livro a um personagem preferencial e uma visão unilateral e fraca da história e de todos envolvidos.

A paixão deixa as cenas Hot bem interessantes, porque não é uma simples paixão ou um caso e sim um amor imediato e urgente. Há uma necessidade real entre eles. Eve é a Salvação de Sam. Ela surge como uma deusa que o salvou dessa vida sem esperança e deu um significado a sua vida. Ele se revela doce e extremamente romântico com ela. Ela por sua vez é teimosa e por muitas vezes duvidei de seu amor por Sam, porque ela é instável e como diz a música de Juliano Son " Amamos o ser estável", mas estabilidade não é uma palavra feita para as pessoas. Somos mutáveis conforme a realidade muda e com o romance de Eve e Sam percebemos tudo isso e a fragilidade humana aparece em cada novo fato que lemos no livro.

Percebemos um crescimento pessoal em cada personagem ao decorrer do livro e isso me deixou completamente feliz. Cresci com ele e essa leitura proporcionada por uma escritora com um talento sublime para a escrita.

Não esquecendo que quase enlouqueci quando vi que Eve adora a série Supernatural, na qual a autora também é apaixonada assim como eu(risos) e que o avatar de Sam Black seria ninguém menos que Jensen Ackless( Dean de SPN)...Fiquei muito feliz e encantada com isso.




Josy Stoque é publicitária por profissão e escritora por vocação. Escreve desde a infância e é uma leitora voraz. Em 2010 criou a saga de fantasia Os Qu4tro Elementos, sendo os quatro volumes lançados nos anos seguintes. Escreveu o romance hot Insensatez com Gisele Galindo, autora da série de fantasia Destino Íntimo, autopublicado em 2013. No mesmo ano, também lançou na Amazon o romance de fantasia Estrela – Em Busca do Amor Eterno e em 2014, a trilogia erótica Puro Êxtase. Em 2015, publica seu novo romance erótico Não Espere pelo Amanhã.

Seu romance de estreia, Marcada a Fogo, foi indicado ao Prêmio Literário Anual Codex de Ouro 2013 e publicado em inglês pela AmazonCrossing em 2014.




2 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhh! Que resenha maravilhosa!!!! Fico feliz que, mesmo sendo uma historia rápida, você tenha capitado toda a emoção desses dois!!! Muito, muito feliz mesmo!!! Obrigada!!!! Amei tudo!!! E espero que seus leitores também gostem! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu agradeço é a você, Queen, porque escreveu um livro tão doce e sensual ao mesmo tempo e como não se apaixonar por Sam e Evy? São sensacionais.

      Beijos

      Excluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger