.26 de ago de 2015

[Resenha] Fogo Cruzado - James Patterson

Nome: Fogo Cruzado
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Ano: 2010
N°de páginas: 175


SINOPSE:

Em meio aos preparativos para seu casamento com a detetive Bree Stone, Alex Cross é chamado pelo Departamento de Homicídios de Washington para resolver o assassinato de dois dos homens mais poderosos – e corruptos – da cidade. Quando o ardiloso homicida, um atirador de elite, age novamente, exterminando outros integrantes da alta-roda, as opiniões ­ficam divididas: será que ele é um herói ou apenas um justiceiro?
A onda de mortes continua e o FBI designa o agente Max Siegel para o caso. Enquanto ele e Cross disputam quem será o responsável pela investigação, fica claro que o autor dos disparos sabe de detalhes da rotina das vítimas que só alguém que conhece o círculo íntimo delas poderia descobrir.
Enquanto se divide entre o franco-atirador, a rivalidade com Siegel e os planos para o casamento, o detetive recebe um telefonema de seu maior inimigo, Kyle Craig. Ele escapou da penitenciária de segurança máxima, para onde foi mandado por Cross, e não vai descansar até conseguir se vingar.


Uma compra de um livro que nunca tinha ouvido falar. Comprei por causa da capa cheia de suspense e a sinopse que fala sobre a vingança de Kyle Criag contra o detetive Alex Cross. Vingança e muito drama envolvido num livro de suspense policial. Meu gênero predileto. Ponto: James Patterson tornou-se um dos meus autores do século.

A drama do livro é simplesmente eletrizante e não perde o ritmo delirante de uma caçada humana nenhum momento. Patterson faz do serial killer mais procurado dos EUA – Criag – um psicopata sem limites. Quando pensamos que Kyle ainda tem um pouco de sensibilidade e humanidade nos deparamos com seus pensamentos reais e sem escrúpulos. Eu quase vomitei com várias confissões dele. Mortes e mais mortes só para atrair a atenção do seu inimigo: Alex Cross.

De qualquer modo, o “grande” Alex Cross ia morrer, e ia morrer feio. Haveria dor, porém, mais do que isso, haveria arrependimento. Seria um final digno da espera, sem dúvida. ”

A perseguição de Craig por Cross é uma obsessão sem limites. Ele simplesmente muda seu rosto com várias cirurgias plásticas após sua fuga da penitenciária de segurança máxima e se transforma no detetive Max Siegel. Torna-se um agente do FBI. Tudo que Craig queria. Ficar próximo de sua vítima n°1.
Por favor, diga que esse fato óbvio não lhe passou despercebido. ”

Em torno dessa caçada sem limites, a cidade de Washington é acometida por assassinatos estranhos e de um planejamento sem precedências. Atiradores de elite executam os charlatões do mercado financeiros e autoridades corruptas. Os assassinos tornam-se conhecidos por Patriotas. Nada mais são que Denny e Mitchie. Aparentemente dois mendigos sem futuro. Leigo enganos. Foram do Pelotão de Elite do Exército em várias guerras. Mitchie acredita ser um herói e Denny aproveita de seu estado mental e controla sua mente a favor de seus negócios sombrios e obscuros ao seu amigo.

Será que a ação poderia ter, de algum modo, o apoio do governo? De alguma agência nacional? Ou internacional? ”

Cross é atacado dos mais diversos lados. Assassinatos rondam sua vida policial e a volta de Craig à cidade torna sua família alvo principal desse psicopata.

 Uma leitura que é capaz de nos transportar as cenas dos crimes e pensar como os policiais. Criar um ódio mortal dos culpados e sentir compaixão dos mais diversos personagens.

Cross está perto do seu casamento com sua amada Bree Stone. Kyle sabe disso e brinca psicologicamente com Alex. Craig quer tornar a vida de seu inimigo num inferno. James Patterson simplesmente consegue caracterizar seus personagens de forma suficiente e temos evidências claras de suas intenções em atentados e ações de todos os personagens.

– Anéis saem de dedo com a mesma facilidade com que entram. Espero que não leve a mal o que vou dizer, mas você tem uma espécie de recorde com as mulheres, e não é no bom sentido. ”

A caçada contra os atiradores de elite se mistura ao medo do plano de execução da Família Cross por Kyle e somado a aparição de outros maníacos que assombram a cidade.

Elas cuidaram de si, ponto final. Não sou partidária da justiça pelas próprias mãos, mas gosto de poesia, e isso é pelo menos um pouquinho poético, não acha? ”

Não há um minuto só que o leitor descanse com a leitura. Muitos acontecimentos e todos são importantes para o Grand Finale de Fogo Cruzado.

Pegue seu distintivo e sua arma e junte-se ao maior detetive da atualidade e ajude-o a desmascarar seus inimigos e salvar a capital dos EUA.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger