.29 de set de 2015

[Resenha] A Garota que Eu Quero - Markus Zusak

Título: A Garota que Eu Quero
Autor: Markus Zusak
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
N°de páginas: 175


Sinopse:

O Rube nunca amou nenhuma delas. Nunca se importou com elas. Nem é preciso dizer que Rube e eu não somos muito parecidos em matéria de mulher. Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.


A gente sente o que sente. ”

Um livro de ensinamentos claros e que a cada página lida nos deparamos com um mar de sentimentos profundos e ocultos devido nossa mania de esconder nossos sentimentos, como se amar fosse uma fraqueza ou algo errado.

Cameron Wolfe é um adolescente que se considera um perdedor diante a vida. Vive atrás das sombras de seus irmãos mais velhos: Steve e Rube. Steve trabalha em um escritório de administração, mas também joga futebol americano e namora com Sal. A garota parece não gostar de Cam, porque o acha esquisito. Steve é bem-sucedido e parece não gostar muito dos seus irmãos mais novos. Típico de quem se acha demais só porque faz sucesso. Rube é o companheiro de Cameron. É forte, bonito, valentão e conquista todas as garotas que quiser. Toda semana aparece com uma nova namorada. Para ele é só mais uma, mas Cam abomina esse comportamento no seu irmão.

Queria que a intensidade da pulsação dela me esmagasse. Era isso que eu queria. Era isso que eu queria ser.”

Além dele há o Sr.e Sra. Wolfe que são pais amorosos, imperfeitos e trabalhadores e única irmã de Cameron: Sarah. Ela antes parecia viver em festas e se entregar facilmente para os homens, mas agora tomara juízo e se afastara do que não estava certo. Cam desejava que um dia ela fosse amada por um homem que a admirasse e cuidasse dela como ela merecia.

O relacionamento de Cameron com a família era normal, mas ele sempre fora fechado com seus sentimentos. Precisava de espaço e solidão constantemente. Eu o entendi muito. Isso parece comigo. Há pessoas que convivem bem em observar as outras e não falar muito mesmo que as outras pessoas queiram que falemos muito. Não é nosso estilo. Não quer dizer que somos estranhos ou temos problemas. Só somos assim. Não evasivos. Somos introspectos, mas sabemos florescer com as pessoas certas e no momento exato.

Cameron se apaixona pela ex namorada de Rube: Octavia. Uma jovem bela de cabelos da cor do mel, olhos verdes como a cor do mar e lábios que faziam o coração de Cam estremecer. Ela era como Cam. “Estranha” e fora ela que terminara com Rube. Não valia o esforço, dizia Octavia.

Em uma das andanças diárias de Cameron a casa da menina que ele dizia gostar, Octavia aparece e pergunta se ele não quer ficar na frente da casa dela. Ele não responde. Ela vai embora. Ela acorda dos seus devaneios e corre atrás dela. Entra no trem que ela está. A encontra e diz que sim. A partir desse momento eles começam um relacionamento lindo e de constantes descobertas. Um conhecendo o outro. Há ternura e confiança entre eles. Dois corações que até então pareciam desistir de repousar no peito de alguém, pois já foram muitas vezes rejeitados pela incompreensão alheia, agora estavam juntos. Um encontro de almas. O silêncio para eles não era perturbador, mas aceitável. Se entendiam com um toque. Sem exigências. Sem pressa.

Você poderia nunca falar coisa alguma, e mesmo assim eu saberia que você tem um grande coração. ”

O amor de Cameron por Octavia era puro. Ele a desejava por inteiro. Queria derramar-se nela. Entregar-se de corpo e alma àquela garota. A garota que não desejava Rube ou qualquer outro homem, mas somente Ele.

“[...] apenas a ideia dela. Não ela de verdade. O melhor disso tudo era que Octavia era real. ”

O relacionamento entre eles ensinou a Cameron a ser mais aberto e receptivo com as pessoas. Ele agora tinha fome de lutar. Nunca fora perdedor. Só não conhecia o caminho que devia seguir. Não tinha que ser como seus irmãos. Ele tinha que ser quem era e só Octavia conseguiu trazer isso às claras. Agora ele era forte e fizera que todos se orgulhassem dele.

Ele estava crescendo emocionalmente. Não sabia como falar o que sentia e tinha medo de se expressar mal, então encontrou nas palavras escritas a liberdade para seu coração e espírito. Somente Octavia lia seus escritos. Isso era sua intimidade com ela. Octavia se entregara para ele. Não por partes, mas por inteira.

[...] mas tornei a mergulhar por inteiro em Octavia, enquanto seu espírito se derramava em mim. ”

Steve dissera ao seu irmão que um dia tivera vergonha dele e achava que Cam era um caso perdido. Cameron o perdoou. Ele agora tinha fome...Fome de Vencer.
Steve o admirava. Octavia o amava. Seus pais viam que ele era especial. Sarah adorava vê-lo feliz. Era isso que ele aprendera no último inverno.

A Garota que Eu Quero é um romance espetacular que nos incita a nos libertamos das pressões sociais e sermos quem somos. Não importa quem sejamos. Somos o que somos. O amor é libertador e Cameron tomado pela Força mais poderosa da Terra, descobriu que era amado pelo que era.

Talvez sejamos momentos.
Momentos de fraqueza, de força.
Momentos de salvação, de tudo. ”



16 comentários:

  1. Este autor tem o dom da escrita. Li "A Menina que roubava livros e Eu sou o mensageiro" e amei muito cada um, são dois dos meus livros favoritos da vida. Comprei este "A garota que eu quero", só ainda não li, espero fazer isto logo.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, você não vai se arrepender e quando terminar o livro vai ficar como eu:"Já acabou? MDS, quero mais!"hahaha.
      Leitura simples e rápida, mas cheia de lições sobre família, amizade, respeito, amor e tolerância.

      Beijos

      Excluir
  2. Oi
    Eu tenho vontade de ler esse livro e só li um livro do autor que por sinal é meu preferido
    a história parece ser bem legal e cheio de descobertas dos personagens, que bom que gostou da leitura
    para mim que uma vez vi que esse livro é uma trilogia ou série e que tem outros livros publicados por outra editora.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha flor, eu nem sabia que tinha mais livros desse livro. Isso explicaria, porque o final ficou em aberto e meu coração me dizia que tinha mais haha.

      Zusak é um dos melhores escritores adolescentes desse século. Boa escrita e ótimos enredos.

      Beijos

      Excluir
  3. Quando esse livro foi lançado eu tive a maior curiosidade de fazer a leitura, mas eu acabei meio que desistindo de ler, porque com o tempo acabei me desinteressando. Mas acho que ano que vem quem sabe eu ainda venha a pegar, mas por ebook sabe? Eu dei até meu livro para sorteio, porque ficou parado um bom tempo na minha estante e nunca li nada desse autor. Espero gostar dessa obra. Vamos ver =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-vou-lhe-mostrar-o-medo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai gostar sim, minha linda.

      Ebook cansa os olhos.

      Beijos

      Excluir
  4. Uau! Parabéns pela resenha!
    Eu vi o livro por esses dias, mas ainda não tive coragem de ler, preciso mudar isso o mais rápido possível.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Esse livro está na minha lista a um tempo já e estou doida para conferi! Já li uma obra do Markus " Amenina que roubava livros" e gistei da sua narrativa. Parece ser uma história linda e muito bem articulada! Quero ler logo!

    beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Markus tem uma mão maravilhosa para livros que levam seus leitores a se questionarem assim como em A Menina que roubava livros, onde choramos com as dores dos personagens e A garota que eu quero também somos confrontados sobre nossas posturas.

      Beijos

      Excluir
  6. Nuss, como a vida literária é complexa.
    Eu ODEIO esse livro, sério. Mas, fico feliz que tenha gostado, teve uma visão diferente da minha...
    Essa foi a minha primeira resenha do blog, se quiser ler, segue o link:http://tayletitshine.blogspot.com/2014/11/a-garota-que-eu-quero.html
    Eu realmente não gostei, mas não me desmotivou a ler outros do autor, ainda quero ler "eu sou o mensageiro".
    Eu simplesmente acho os personagens chatos ou rasos demais, o Cam é uma moça e a unica coisa legla á a Octávia. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, isso acontece muitoooooooooooo. Já encontrei pessoas que odiaram livros que eu simplesmente adorei, mas acaba que a conversa flui melhor, pois a pessoa me mostra pontos que passei por cima na leitura e conseguimos atribuir conhecimentos um ao outro.

      Beijinhos!

      Excluir
  7. Não tinha visto uma resenha desse livro ainda, mas achei bem interessante seu ponto de vista sobre ele, e sobre a mensagem que ele deixa no final, fiquei muito curiosa em lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  8. Oi Joanice! ^^
    Fantástico um livro com tão poucas páginas conseguir transmitir tantas mensagens e sentimentos, mas também sendo do autor de A Menina que Roubava Livros não tinha como ser diferente.
    Mais um livro na minha lista de desejados e espero gostar tanto quanto você! *-*

    Beijinhos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Troquei esse livro recentemente no Skoob porque sempre tive curiosidade de conhecer sua história. O que mais me interessei foi a mensagem que o livro possui e acho que esse autor tem essa capacidade. Espero ler em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Amei a resenha, me tocou bastante. Quero muito ler esse livro, mas fico receosa porque não curti o primeiro da trilogia. Apesar disso acho que dá para entender bastante a história, e pretendo lê-lo em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger