.6 de jan de 2016

[Resenha] Abryel - Wellington Pinto

Título: Abryel – Livro 1
Autor: Wellington Pinto
Editora: Chiado
Ano: 2014
N°de páginas: 168


Sinopse:
Dois universos com dádivas distintas. Um evento desestabiliza a ordem. Cabe a um etrusco restaurar a paz. Não há piedade. Resta desolução.
O equilíbrio entre dois mundos foi afetado. Dá-se início à Trilogia Paralela.
O Mundo Paralelo coexiste com sua irmã gêmea em outro plano, ambos necessitam estar bem e a ruína de um pode representar a falência de outro. A ele foi dada a dádiva da tecnologia e a nós coube a magia. Deus não permitiu que um possuísse ambas as maravilhas, pois temeu que a criatura almejasse tornar-se maior que o criador.





Um dos menores livros que já li, mas com uma complexidade extrema e o leitor tem que ficar atento a todas as falas dos personagens e principalmente observador a todos os acontecimentos que une os Universos paralelos que existem em Abryel.

O enredo é carregado de reviravoltas e acontecimentos que deixam o leitor desnorteado. Quando estamos nos recuperando de uma crueldade na página anterior, Wellington nos joga numa “cova de leões” na próxima página.

A história é narrada como se fosse um conjunto de relatos dos personagens que estão participando de um mundo pós-apocalíptico. A construção desses relatos é simples, mas bem original. Não há falhas no encaixe de relatos de personagens que nunca se conheceram, devido viverem em séculos diferentes, mas os acontecimentos em seus países são interligados para o surgimento do Universo Paralelo.

Começamos a história com um jovem chamado Cícero. Ele é aluno de Direto, gosta de praticar esportes e mora no Rio de Janeiro. Até bem aí, tudo bem. Entretanto, quando a mãe de Cícero não volta para casa, descobrimos que o planeta não é mais o mesmo. A Terra tido sido invadida por seres não identificados e detentores de uma crueldade sobrenatural. Seres de estaturas enormes, albinos e com olhos carregados de ódio, se é que posso classificar que aqueles “demônios” tinham algum sinal de ter sentimentos.

Cícero vive num mundo pós-apocalíptico e só nos damos conta disso quando ele sai na rua e descreve que prédios viraram apenas escombros e fumaça. Que corpos estão jogados aos montes pela rua e a devastação é o cenário maior de seu planeta.

Não há mais jornais, rádios, internet ou qualquer meio de comunicação funcionando. Cícero encontra uma jovem de 15 anos chamada Tamara perdida na rua. Tinha perdido seu pai e não sabia se ele estava vivo ou não. Eles formam uma dupla e começam a tentar sobreviver, não somente em um cenário surreal, mas com medo dos próprios semelhantes. Os seres humanos surtaram e começaram a matar sem ter motivos. Matam sem dó ou misericórdia. Aqui vale a Lei do mais Forte.

 Paralelo a esse mundo surrealista, somos levados a outros “participantes” do Projeto “Evoluir”. Isso mesmo. Cícero é considerado um ser humano de inteligência alta, fértil e forte. Outros personagens são de nível de Q.I médio ou baixo. Essas informações vêm no topo de cada capítulo, como se eles fossem seres sendo examinados por alguma coisa ou algum ser não humano. Nisso percebemos que tudo não passa de uma experiência, mas o livro é apenas o primeiro da Trilogia Paralelo.

Aparece sobreviventes nos EUA e Ásia. Dois homens e uma mulher. O americano é um recém-separado que decidiu “Recomeçar” sua vida após a esposa o trai. Estava tendo um encontro com uma latina linda e maravilhosa quando o mundo perdeu seu juízo. Pessoas começaram a matar as outras, tomadas por um ódio sem precedentes. Seus olhos pareciam perder a vida. Se alguém já assistiu Fullmetal Alchemist pode se lembrar dos olhos dos Homúnculos que aparecem nos capítulos finais do Anime. É igual ao que eles descreveram nos seus relatos.

Além desses relatos pautados no nosso século, temos um curioso relato de um jovem oriental que vive em algum país perto do Oriente Médio, mas dois mil anos atrás. É um jovem chamado Aita que vive no ano de 476 a.C. Ele vive um dilema: Tem que se casar, mas nunca encontrou uma mulher à altura da sua nobre família. Ele era um príncipe e queria se casar por amor. Um tempo depois encontrou uma estrangeira e se casou. O maior erro de sua vida. Ela nunca foi quem ele pensou que ela era. Nessa escolha, os destinos de Aita se cruza com nossos personagens do ano 2199.

Terminamos o livro com anseia por mais. Wellington simplesmente termina na melhor parte. Estou obcecada pela continuação e louca para saber o que aconteceu com nossos sobreviventes após ataques fortes e mortais contra suas frágeises vidas.

Abryel é um livro de enredo simples, mas originalmente fantástico carregado de significados que apenas um leitor atento pode encontrar as palavras-mágicas que abrem o tesouro escondido na Trilogia Paralela.



26 comentários:

  1. Que loucura de livro. Como pode um livro tão pequeno ter tanta informação. Certamente o autor foi muito feliz em escreve-lo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Uau.. Parece ser bem legal, interessante, e com bastante informação.Do tipo. um bom conteúdo!

    ResponderExcluir
  3. Oii!


    Poxa que resenha linda! Eu não conhecia o livro e realmente ele parece ser muito bom, bem trabalhado e mesmo com poucas páginas muito bem explicado e com conteúdo. Pelo o que VC falou,vai ter continuação, isso me deixa brava. Ele poderia ter feito um livro de 300 páginas e não alguns de 160 sabe? Acaba que perde a graça pra mim.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi linda, tudo bem?
    Eita, me surpreendi com essa resenha e principalmente com o danado desse livro que aparenta ser muito legal e também há conteúdo! Não conhecia o livro, porém fiquei bem curiosa para ler. Beijinhos
    http://followyourdreamalways.blogspot.com.br/2016/01/resenha-lista-cecelia-ahern.html

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bom?

    Estou em um caso de amor e ódio com esta capa, haha. Acho que eu mudaria a fonte. Que bom que você achou o livro um dos melhores. Fiquei mega interessado, pois a trama parece ser bem interessante e é de um gênero que eu gosto bastante. Por mais que algumas vezes pareça confuso, gosto de livros com muitos personagens, pois assim sou apresentado a vários pontos de vista. Sua resenha ficou ótima! Não conhecia o livro e agora quero lê-lo.

    Beijos,
    www.falandoemlivros.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Como pode um livro tão curto ter tanto suspense e sangue? A capa é bem bonita, remetendo o que tem na premissa. Não o leria por enquanto, mas pra sair da zona de conforto é uma ótima sugestão. Espero que você consiga ler os demais!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Gosto desse tipo de livro, pena que tenho um lista gigantesca de livros para ler ainda.
    http://palavrasdelucidez.com.br
    Lucas Castelo Viana

    ResponderExcluir
  8. Oi, ainda não conhecia seu blog, mas já estou seguindo-o <3

    Amo livros onde o cenário é um mundo pós-apocalíptico, eles são sempre carregados de muita emoção, tensão e ação. Sempre noto que, mesmo quando o inimigo é algo bem mais forte, os humanos ainda lutam entre si, sem notar que "a união faz a força"... Lembrei de The Walking Dead.

    Já desejo fortemente essa obra!

    Abraços,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
  9. Nossa fiquei curiosa, mesmo este não sendo um gênero que curto muito.Sua resenha tá ótima, e pelo jeito o autor foi muito feliz na escrita do livro.
    Bjin
    http://reinoliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olha sinceramente a capa do livro não me chamou atenção.
    Eu achei que poderia ter sido uma arte melhor desenvolvida sabe?
    Mas quanto a estória, o conteúdo que é mais importante, espero poder conhecer, porque pelo que tu disse me parece ser uma estória muito boa. ACHO QUE SERIA UM LIVRO QUE PEGARIA PARA LER sim, porque adoro gêneros assim.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-obsidiana.html

    ResponderExcluir
  11. Oi Jo,
    Achei a sinopse bem surreal e não sei se leria.
    No inicio da sua resenha fiquei com vontade de conhecer pelo mundo Apocalíptico mas depois com essa coisa toda do mundo paralelo acabei desistindo.
    Que bom que ao seu ver o autor soube trabalhar bem todos os elementos.
    A mim me parece muita coisa, e o fato de ser trilogia me desanima mais ainda :(

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  12. Confesso que a capa não passa essa impressão da história. Quando comecei a ler sua resenha não parei mais. Que loucura! Você ta lá e do nada todo mundo quer matar todo mundo, gente do século passado se encontrando com o pessoal do futuro. Esse tipo de livro me conquista muito fácil. Ainda não conhecia a obra e nem o autor e foi um prazer conhecer através de você. Certeza de que é um livro que ainda lerei este ano.
    Beijos,
    Blog ABCD dos Livros.

    ResponderExcluir
  13. Oie Joanice,
    Nossa, quanta coisa em menos de 200 páginas! Como que o autor conseguiu organizar tudo isso sem ficar corrido? rs Gostei muito da premissa, parece ser um livro muito bom. Mundo pós-apocalíptico e seres sobrenaturais? Já to indo haha
    Gostei da sua resenha e o livro já esta na listinha ><
    Beijos
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  14. Olá Joanice!
    Que livro diferente! Já me surpreendeu desde quando vi a capa, achei muito interessante. Pelo fato de ser menor deve ser mais fácil de ler tudo de uma vez e não se perder nos diálogos importantes.
    Curti muito!
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Adoro histórias com universos paralelos! Me parece um livro muito bom!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá,tudo bem?
    É a primeira vez que leio uma resenha sobre esse livro, a capa dele me encantou, a história parece ser ótima, já estou louca para ler!

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oiee!!!
    Não conhecia o livro e fiquei bem curiosa para descobrir com o autor desenvolveu a trama tão bem escrita com tão poucas paginas!!
    Achei interessantes o livro ser composto por relatos de pessoas que estão vivendo um pós apocalíptico em lugares diferentes cada um por seu ponto de vista!!
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  18. Joanice. o autor conseguiu se superar em tão poucas páginas não?
    Bem intenso.
    Adorei e já estou morta de vontade de ler.
    Adoro essas reviravoltas.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  19. Mas que livro é esse? Como eu não havia escutado falar dele ainda???????
    Joanice sua resenha me mostrou que o autor conseguiu criar um universo muito f@... Não sou de usar esse tipo de palavreado, mas tem algumas obras que merecem e essa parece ser uma delas. E sabe o que me deixa mais orgulhosa ser um livro nacional! \o/

    Beijos e até daqui a pouco!
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  20. Li a sinopse e não gostei! Li sua resenha e me interessei!! hahaha
    Achei o livro uma loucura, menina!!! Acho que vou esperar pelo segundo e ler algumas resenhas para ter certeza se quero ou nao ler este livro, pois fiquei na dúvida!
    Bjus

    ResponderExcluir
  21. Nossa, amei sua resenha! Não tinha ouvido falar do livro ainda, mas amei a capa e a história. Sua resenha me fez ficar com ainda mais vontade de ler hehehe. Acho que vou comprá-lo :) :**

    ResponderExcluir
  22. Oiiie
    Sua resenha está ótima e que bom que foi uma leitura tão positiva, espero que os amadores do gênero gostem bastante das dicas, eu não vou anotar pois não é o que curto

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. A trama parece bem amarrada, apesar do livro pequeno parecer ter muita informação e desfechos. Fico feliz que tenha gostado da obra e que em breve consiga ler mais ;)

    ResponderExcluir
  24. Oi, Joanice, tudo bom?

    Abryel é realmente o meu tipo de livro e eu nem sabia da existência dele antes de ler a sua resenha, que por sinal está ótima. Obrigado pela dica, de verdade, porque adoro esse gênero e a história é realmente instigante! Lerei assim que tiver a oportunidade :-)

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá Joanice!
    Não conhecia o livro e fiquei com receio da leitura kkkkkkkkk, parece uma grande mistura da realidade no nosso mundo com as palavras biblicas, juntando isso a ciência kkkk
    Parabéns pela resenha, ficou realmente muito expressiva, mas dessa vez eu passo

    Beijokas

    ResponderExcluir
  26. Oi Joanice, tudo bem?

    Achei o livro interessante, mas parece ser bem complexo e temos que prestar atenção em todos os detalhes mesmo, para não se sentir perdido. Gosto de livros que mostram futuros pós apocalíptico e universos paralelos. Achei os mundos bem interessantes e fiquei curiosa para conhecer cada um deles.

    Vou procurar mais sobre o livro!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger