.26 de mar de 2016

[Resenha] O Coração Condenado - Clive Baker

Título: O Coração Condenado
Autor: Clive Baker
Editora: D.I.Y - Eletric Sheep
Ano: 2015
N° de páginas: 88


Sinopse:
"O Coração Condenado" é um dos contos mais eletrizantes sobre o coração humano e todos os grandes terrores e êxtases que ele encerra. É sobre cobiça e amor, apatia e desespero, desejo e morte. Vida e aprisionamento, sinos e sangue. É, provavelmente, uma das histórias mais assustadoras que você jamais lerá. O filme Hellraiser (no Brasil, "Renascido do Inferno"), também escrito e dirigido pelo autor, Clive Barker, foi baseado nesta noveleta.


"Fora um erro abrir a caixa de Lemarchand. Um erro terrível."

Esse livro é bem curtinho e caiu muito bem para distrair minha mente nesse sábado de aleluia. É um conto elaborado pelo diretor e escritor Clive Baker e que deu origem ao filme Renascido pelo Inferno.

A história se baseia em três personagens principais: Frank, Rory que é irmão de Frank e Julia, esposa de Rory. Frank é um homem corajoso e apaixonando por aventuras e os prazeres humanos que chegam a ser doentios e visionários demais para um mero mortal. Já Rory é um homem sem tantas ambições e um cidadão modelo com uma esposa encantadora e simplesmente não apaixonada por ele. Julia é uma mulher como Frank. Transpira ambição e luxúria por todos os poros de seu corpo. Ela é apaixonada por seu cunhado, mas seu marido não sabe.

Como a ambição de Frank é surreal e tipicamente de quem faz qualquer coisa por seu bel prazer, ele cia na conversa de um homem que conta a história de uma caixa chamada de Lemarchand  que realiza qualquer fantasia de prazer de quem descobre a solução para seus enigmas. O homem tomado por sua curiosidade e a chance de sair dessa realidade de trivialidades entendiantes, resolve abrir-la. O que Frank não era esperava é que os seres horripilantes e dignos dos clássicos do terror tem um conceito de "prazer" diferente do nosso. Os Cenobitas veem o sofrimento e a dor como o mais forte e puro prazer.

"Ou seria - ao examinálos sob a luz mais intensa, e mais de perto – por ele não ver nenhuma alegria, nenhum resquício de humanidade em seus rosto mutilados; somente desespero e um apetite que fez suas entranhas se contraírem."

Frank que acreditava que iria receber uma recompensa que traria mulheres lindas e virgens para sua luxúria desenfreada, recebe nada mais que um castigo para aqueles que não enxergam que desejo é diferente de Necessidade. Ele é condenado aos mais terríveis sofrimentos e passa a ficar preso num mundo paralelo ao nosso, mas que fica além da parede da sua casa que é futuramente ocupada por seu irmão e cunhada.

Passam-se alguns anos e Rory e Julia se instalam na casa de Frank. Lá existe um casal que aparentemente é feliz. Apenas aparências. Julia tem pena de seu marido. Para ela, Rory é apenas patético e sem paixão alguma por nada grandioso. Ela não sabe porque se casara com o irmão errado. Nunca esquecera a tarde de amor violento que teve com Frank. Com ele, ela encontrava a paixão e o desejo extremo que pulsavam em seu corpo. Com Rory era apenas marasmo.

Kristy que é amiga de Rory e apaixonada pelo mesmo sempre está na casa dos recém-chegados a Rua Ludovico. Ela sempre amou Rory, mas nunca se apaixonou suficiente para ele. Julia era linda e irradiava elegância e poder por onde andava...Kristy era apenas uma sombra perto daquela mulher.

As assombrações começam a aparecer quando Julia vai ao quarto que pertenceu a Frank e descobre que ele está preso no mundo dos Cenobitas e tenta ajudá-lo. Frank tornou-se terrível aos olhos humanos. Era apenas carne-viva. Nenhuma lembrança de humanidade nele. Ele apenas precisava de sangue humano para voltar a sua forma real. Ela descobrira esse segredo. Ele odiava Julia, mas precisava dela.

Desse jogo macabro nasce um plano assustador. Julia começa a atrair homens com sua beleza para uma visita mortal a sua casa. Eles são os sacrifícios - leia-se "cordeiros - para a volta de seu amado. Ela é manipulada e nem percebe nada. Cada dia mais, Frank precisa de mais sangue e mais...

Em uma trama de monstros sem corpo humano, mas que tem uma força sobrenatural somos levados a uma leitura tensa e carregada de medo e pavor que fazem nosso sangue congelar com algumas obscenidades em nome do prazer sem limites da humanidade.

Será que Frank voltará a sua forma humana? Por que será que criaram essa caixa maligna? Será que o prazer humano pode ser controlado?

Baker constrói uma analogia com o mito da Caixa de Pandora. Aqui temos uma caixa aparentemente magnífica que realizará todos nosso desejos, assim como um gênio da lâmpada concede nossos caprichos, mas cobra caro por nossa ambição divina.

" Mas se ela não o encontrasse, não lamentaria muito, por medo de que a cura de corações partidos fosse um enigma que nem a inteligência, nem o tempo tivesse a capacidade de solucionar."

Um enredo que traz mais do que olhos destreinados podem captar. Um livro carregado de simbologia e terror que mostra de forma surreal nossa assombrosa realidade...O ser humano pode fazer tudo por mero desejo?

Poe de forma precisa e rápida em seu conto "O Demônio da Perversidade" no diz que o desejo é uma via de mão dupla; você ganha uma recompensa, mas as consequências são da mesma proporção de seus anseios e que todo desejo pode e deve ser ponderado antes de ser realizado ou não.

Com um toque de perversidade e terror, Clive nos leva os mais sórdidos anseios humanos e desafiando os nossos piores pesadelos em um conto que fará qualquer leitor terminar essa leitura com a bile para fora.   


13 comentários:

  1. Oie,
    um livro curtinho, mas tem uma história dessas que a gente fica bem vidrada né?
    Adorei esse "Q" de mistério do livro/conto. Com toda certeza leria.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Adquiri este conto hoje, sem nem menos ler a sinopse, mas depois desta resenha, com toda certeza lerei. Adoro estes livrinhos curtos, e ainda mais cheio de mistério! Amei!

    Abraços,
    www.isaaczedecc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Joanice.

    Não conhecia este livro, mas ele é praticamente um resumo de Hellraiser, na verdade, para quem não leu Hellraiser, chega a ser uma caixa de spoiler. Haha. Muito interessante.(Ou será que é o mesmo livro, mas resumido/menor?) Eu li Hellraiser e gostei muito, achei a escrita do autor maravilhosa. Como achei este conto tão parecido com Hellraiser, talvez passe ele. Mas quero ler mais livros do autor. Gostei da dica. Foi bom saber que tem mais do universo de Renascido para o inferno.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. O livro é bem curtinho mesmo, como eu pego muito ônibus para chegar na universidade, vou acabar pegando ele para ler. E tenho certeza que vou gostar do livro, sou daqueles fascinado pela leitura de livros de terror, e tenho certeza que esse não me decepcionaria.
    E essas perguntas que você fez na resenha só aumentou minha curiosidade de ler ao livro.
    http://blogpausageek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia. Tenho certeza que vai gostar muito.
      A Edição estendida da Darkside é linda e super indico.

      Beijos,

      Excluir
  5. Olá,
    Lendo sua resenha cheguei a uma conclusão: não leio esse livro.
    Morro de medo desse gênero, fujo desse tipo de leitura.
    Não me vejo terminando uma leitura com a bile na garganta rsrs
    Parabéns pela resenha, o problema é comigo mesmo viu?
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá linda,

      Eu comecei a ler o gênero terror há pouco mais de 1 ano e até hoje ainda tenho um medinho na hora de ler, mas acabei me acostumando e tendo leituras muito boas.
      Porém se quiser algo mais "leve" recomendo livros de suspense como Edgar Allan Poe e Harlan Coben.

      Excluir
  6. OI!

    Estou precisando muito começar a me aventurar por esse mundo, embora leia suspense nunca me aventurei realmente no terror, pois o medo me domina. Realmente esse livro por ser um conto e consequentemente curto talvez seja uma surpresa agradável e as portas para outra realidade literária.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Só a resenha já embrulhou meu estômago, imagina o livro. Não curti nada isso dele ter se tornado carne viva e precisar de sangue humano pra voltar a sua forma. Eca. Além de assustador demais para mim, também é mais do que eu posso aguentar sem passar mal. E essa Julia é uma das personagens que eu mais odiaria na história, com certeza. Não é leitura para mim.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oiee, não leio este estilo literario e só sua resenha já mostra muito do que esperar da obra e não sei se conseguiria lê-lo, rs

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  9. Olá... tudo bem??
    Caramba como eu gostei de sua resenha... achei o enredo do livro muito interessante... adoro essa temática... acho incrível este tipo de história... gosto de sentir um frio na barriga que somente esse tipo de história traz... gostei muito do mistérios e desse ser que precisa de sangue para voltar a forma física... muito bom mesmo! Xero!

    ResponderExcluir
  10. Oie
    não conhecia o livro mas o enredo está bem legal e chamou minha atenção, parabéns pela resenha, espero ter oportunidade de ler em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger