.8 de mar de 2016

[Resenha] O Doutor Ox - Júlio Verne

Título: O Doutor Ox
Autor: Júlio Verne
Editora: Hemus
Ano: 1983
N° de páginas: 92


Sinopse:
Doutor Ox e seu assistente Ygene chegam à calma pequena comunidade de Quiquendone localizado na região de Flandres.Ele promete iluminar esta cidade com uma rede de tubulações de gás oxídrico.Durante a construção desta rede,a pacata comunidade torna-se um lugar bastante empolgado, até o ponto dos habitantes irem à guerra contra uma comunidade vizinha.Mas qual é a causa dessa mudança na natureza do bom povo de Quiquendone?Talvez seja algo no ar, mas só o dr.Ox e seu assistente Ygene sabem ao certo.


Já perceberam que ando lendo muitos livros de Verne né? Bem, desde que li Vinte Mil Léguas Submarinas, não consegui mais parar de ler um livro sequer do autor. Esse é o terceiro que leio em quinze dias.

" As explosões, às vezes, têm resultados estarrecedores."

Na pequena cidade de Quiquendone nada acontece. Isso mesmo. NADA. Tudo é calmo e sereno. Nenhum cidadão briga ou se exalta com outro. Nenhum problema é levado à serio por muito tempo. Nada é contratempo por aqui. Os namoros duram décadas. Os problemas só são resolvidos se forem urgentes. Nada de estresse ou muito menos correria. O prefeito -  Burgomestre - Van Tricasse e seu conselheiro Niklausse sempre estão em reunião e dificilmente algum problema da cidade é resolvido, porque nada é urgente.

Um certo dia o Doutro Ox e seu assistente Ygene chegam a essa pacata cidade para darem à ela, a eletricidade por gases. O que os cidadão não desconfiam é que eles tem um real interesse nessa cidade sem graça e tranquila.

Para o Doutro Ox, uma pessoa sem paixão é uma pessoa sem vida e sua experiência irá mudar isso nessas pessoas monótonas e sem vontade de viver aventuras e loucuras na vida.

" Os animais pareciam loucos, mas as pessoas também eram esquisitas. Ninguém escapou. A doença atacava todas as idades."

Em um certo dia, o Burgomestre briga com o Doutor Ox...no outro mulheres e homens dançam loucamente em festas que sempre foram comuns e calmas. Em outro dia  no teatro, um musical que demoraria 5hs para ser executado, simplesmente durou menos de 15 minutos e acabou com violinos, saxofones e muitas pessoas rubras e machucadas. O que será que está acontecendo? Por que as pessoas ficaram malucas repentinamente nesse lugar?

Júlio nos traz um livro hilário e bem curtinho, mas um questionamento importante? Será que o ser humano consegue viver plenamente sem as paixões avassaladoras? Será que o Homem foi feito para o comodismo e senso comum? Será que conseguiríamos viver todos os dias da mesma forma?

Verne nos mostra através do Doutor Ox o desejo constante de modificar as coisas ao nosso redor e até nós mesmos. Temos a tendência de sempre queremos um estado de espírito diferente ao passar dos dias. Somos inconstantes e loucamente encantados pelas emoções fortes e destruidoras.

Uma obra sem igual. Construída com profundidade e com personagens divertidos e símbolos de uma humanidade insatisfeita e muitas vezes sem percepção para o ciclo vicioso de mudança e constância sem fim.





20 comentários:

  1. Oi Jô, eu não fazia ideia da existência dessa obra. achei a premissa bem bacana, certamente eu leria :)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Uau Verne? Apesar de achar lindo quem ler esses livros antigos a aparentemente requintados no intelectual (minha impressão, desculpe se estiver equivocada!), esse estilo de leitura não me atraí muito. Sou mais dos romances e livros modernos!
    Bem legal a sua resenha. Parabéns adorei o layout do seu blog
    Beijos, Maria Clara Vieira
    http://nasnuvenscmc.blogspot.com.br/2016/03/resenha-te-amarei-para-sempre.html

    ResponderExcluir
  4. Olá eu ainda não li nada do autor, embora queira muito ler Vinte Mil Léguas Submarinas, ainda não conhecia esse livro mas pela sua resenha ele me pareceu bem interessante, já quero ler também.

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Nunca li nada do Verne, mas acho que daria uma chance para ele. Apesar da capa feinha (é antiga, eu sei, mas não achei bonita mesmo assim), ele possui uma história tão boa que até o leitor sai do senso comum. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Também adoro Julio Verne! Fico até emocionada quando encontro alguém que tbm goste, pq infelizmente está cada vez mais raro encontrar leitores de clássicos. Li O Doutor OX há muitos anos, foi muito bom ler sua resenha e relembrar desse livro incrível.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  7. Jô! Que resenha mais linda! Adorei conhecer essa estória, da qual nunca tinha ouvido ou lido sobre. Muito bom mesmo. Fiquei super curiosa para conferir essa leitura e todos os questionamentos que o autor propõe. Nunca li nada dele, mas vejo que preciso fazer isso logo ❤
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Ola Jo ainda não li nada do autor, mas não irei começar por esse, desa vez a premissa não me cativou, preciso ler mesmo um ótimo clássico do autor.beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Joanice. Confesso que não conhecia o autor, mas achei bem interessante o enredo deste livro. Não sei se classificaria como chato ou legal viver em uma cidade assim.

    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Jo, tudo bem?
    Não conhecia o livro e achei muito interessante, irei procurar. Imagina quão chato deve ser essa cidade rs' Acho que um pouco de emoção seria ótimo, quero conferir essa história.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  11. Eu curto a escrita de Verne, e Vinte mil léguas foi minha estreia com ele tb... Já esse título ainda não li, mas pretendo, é um de meus próximos a serem comprados do autor... fico até feliz em ver blogueiros lendo Verne, é raro ver isso ultimamente... =/
    Parabéns pela resenha... bjs...

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Nunca li nada de Verne, mas sou doida para ler Viagem ao Centro da Terra. Não conhecia esse livro e achei bem legal a temática dele. O Julio Verne é muito criativo e trata sempre de assuntos bem legais ne? Gostei de saber como esse livro fala da parte corpotamental do se humano.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  13. Minha iniciação com Julio Verne foi Volta ao mundo em 80 dias e não curti a escrita dele, por isso não me empolguei em querer ler este.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Você está me fazendo ter muita vontade de ler os livros dele!
    Eu sempre pensei sobre isso... O ser humano não consegue viver sempre da mesma forma, eu acredito que se alguém passa a viver sempre da mesma maneira ela termina enlouquecendo ou morrendo por dentro.
    Bjs
    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. O Doutor Ox é dos meus, com certeza acredito que uma pessoa sem paixão é uma pessoa sem vida, e nossa, que agonia dessa cidade em que nada acontece! rs... Nunca li nada do Julio Verne e nunca tinha ouvido falar desse livro específico dele, mas me interessei bastante.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Olá Joanice, tudo bem?

    O livro parece com uma adaptação, de tão pequeno que é, rs.

    Nunca li nada do Julio Verne (eu acho), mas 20 mil léguas submarinas com certeza não é o título que eu começaria. Talvez pegue O Doutor Ox ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Jo

    Não conhecia esse livro do Julio Verne, como pode isso gente???? Sou doida para ler os livros do autor e acreditava, até agora, que conhecia pelo menos os titulos. Adorei a premissa desse em especial, creio que depois de ler viagem ao centro da terra esse será o proximo ahhahha Estou adorando essas resenhas dos ivros do Julio.


    Bjos

    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Joanice, sua linda, tudo bem?
    Sempre quis ler Vinte Mil Léguas Submarinas, ainda farei isso, não tive a oportunidade. Não conhecia esse livro dele e adorei o enredo. Já vi um filme com uma história similar e como romântica incurável acredito que o homem precisa de paixão na sua vida, seja paixão pelo trabalho, pela família, pelo companheiro, por tudo. Vida é paixão, é movimento. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eita, eu nem sabia que o Verne escrevia livros do gênero hahaha
    Eu só li Vinte Mil Léguas Submarinas, e sendo bem sincera consigo: achei bem ruim. :( Fiquei tristinha com o resultado, pois eu esperava me encantar com o autor assim como você.

    Abraço,
    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger