.25 de abr de 2016

[Resenha] No Escuro - Elizabeth Haynes

Título: No Escuro
Autora: Elizabeth Haynes
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
N° de páginas: 335
Sinopse:
Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo... Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele. Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele. Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo. Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador.

No Escuro é um daqueles livros que vieram ao mundo para chocarem seus leitores com um enredo muito verídico e arrepiante.

“ Uma parte de mim sentia-se disposta a enfrentar desafios aquela noite. Eu queria me lembrar de como era me sentir livre. ”

Cathy ou melhor Catherine é uma jovem de 22 anos bem animada, divertida e que ama sair com suas amigas para pub e azarar muito. Numas dessas noitadas a jovem conhece um homem misterioso e lindo, Lee. Ele é maravilhoso e parece ter uma atração imediata por ela.

Eles trocam telefones e tudo mais e em pouco tempo viram namorados, mas há algo de estranho em Lee. Ele trabalha como segurança nos pubs, mas tem um emprego misterioso que desperta o medo de Cathy, porém a jovem não se preocupada tanto com isso. O erro dela começa aqui,

Lee é realmente um homem violento e que adora agredir suas namoradas e perde o descontrole com qualquer negativa ou rejeição de sua parceira. Com o tempo, Cathy percebe isso e o medo a domina. Ele muda as coisas da casa dela de lugar, brinca com a mente de Cathy e a agride verbalmente constantemente. Ela tenta se separar dele, todavia isso é impossível. Lee a violenta mais e mais e o pior: Ninguém acredita que ele seja um “monstro”, porque ele sabe fingir para todos os amigos dela e inventa que Cathy está ficando maluca e autoflagelando.


“Agora preciso pensar em um jeito de seguir em frente com isso. Encarar o resto da minha vida. Um dia de cada vez, um passo após o outro. Não posso continuar assim por muito tempo. Não posso. ”

O livro é narrado pela vítima em dois tempos: No passado quando ela namorava com Lee – entre 2003 e 2004 – e no presente – 2008 a 2010 – quando ele já fora julgado e condenado pelos seus crimes. No atual cenário de Cathy as consequências da violência que ela sofrera quando Lee a atormentava são evidentes. Ela possui um alto nível de TOC e tem ataques constantes de pânico. Sempre acredita que Lee estar por perto e isso alimenta seu medo das pessoas. Isso tudo está se agravando devido seu isolamento de todos. Ela perdera todos seus amigos e sente-se mal em qualquer lugar.

Stuart seu novo vizinho é psicólogo e chega na vida de Cathy para ajudá-la. Ele é gentil, amoroso e paciente. Sempre está auxiliando a jovem com suas crises e amparando-a com seu carinho e amor. Stuart se apaixona por Cathy, mas ela não está pronta para relacionamentos e vários acontecimentos cooperam para que eles não fiquem juntos.

“ [...]. Eu não tenho medo ao seu lado. Com todo mundo, eu sinto medo. Qualquer um. E, no entanto, não sinto medo com você. E não sei nada sobre você. ”

Enquanto isso, Lee é solto no final de 2009 para o pânico de Cathy chegar a níveis apocalípticos e despertar-lhe a vontade de morrer e fugir daquele homem. Os caminhos dos dois irão se cruzar e somente a coragem e o amor podem dar um ponto final nessa relação doentia entre os dois.

No Escuro me deixou tensa do começo ao final. Tive sentimentos dialéticos quando li esse livro. Queria terminar logo para aliviar o peso do meu coração e ao mesmo tempo demorar na leitura para conhecer mais da Cathy e encantar-me mais ainda pelo Stuart e esperar pela punição merecida para Lee.

“ Conseguir alcançar o banheiro bem na hora, enjoada outra vez. Não restara nada, apenas dor. ”

Cathy é fraca emocionalmente. Ela perdera seus pais aos 15 anos num acidente de carro e depois disso nunca mais soube ser segura e confiante diante sua vida. Ela tornou-se frágil e facilmente manipulada pelos outros e isso contribuiu para o domínio de Lee sob ela.

Lee é um homem agressivo e sem medo de matar. Já cometera atrocidades em seu passado e é constantemente atacado pelas lembranças de seu último amor doentio e fracassado e o que alimenta suas crueldades com Cathy. Eu tive nojo e repulsa dele desde o começo e orava sempre a cada página para que ele fosse torturado até morrer para pagar por tudo que fez a Cathy.

“ – É o que você diz. Podem ser só pensamentos, mas ainda assim são extremamente assustadores. É como viver em filme de terror. ”

Stuart é um homem doce e gentil, mas ferido pela traição de sua ex noiva Hannah com seu amigo. Ele se mudara para Londres para recomeçar e ser um psicólogo de sucesso – o que é ele e percebemos em todo o livro – e cruza seu caminho com a problemática Cathy e que desperta seu amor e atenção no dia que a conhece fazendo verificações na porta do prédio para saber se está bem trancada.

Elizabeth construiu uma narrativa profundamente detalhada para “dar uma tapa” em nossos rostos. Ela usa a veracidade dos problemas e fatos para alertar de algo que acontece diariamente em nossas vidas. Namoros Abusivos. Já parou para pensar em quantos casos vemos ou escutamos de mulheres que foram agredidas por seus parceiros seja por violência verbal ou física todos os dias? Quantas dessas mulheres conseguem “fugir” dessas relações destrutivas e recomeçar? Quantas morrem antes de encontrar ajuda? O relato de Cathy é chocante e me deu muita ânsia de vômito e mal-estar, porque é crueldade pura e ninguém NUNCA deve passar por isso.

A leitura flui facilmente e só parei algumas vezes para me recuperar do que eu acabava de ler. Não é o livro para agradar os leitores e sim informar sobre o assunto assim como Gayle Forman faz com suas obras. A apresentação de um grave problema para a sociedade. Um alerta para os “cegos” sociais.

A capa do livro traduz bem a essência da obra. Uma mulher que amava viver, mas foi tomada pela escuridão e levada a acreditar que viver é sinônimo de sofrer.

No Escuro é uma obra chocante e feita apenas para os corajosos e dispostos a ler um livro sem ocultações de verdades e impactante. Um enredo real e atemporal.




23 comentários:

  1. Oie, AMEI a temática do livro, acho que alertar sobre relacionamentos abusivos é algo de suma importância, tem muitas mulheres que sofrem com o perigo e se calam por causa do "amor" ou medo até.
    Gostei do livro, vou procurar ler, thrillers são sempre bem vindos pra mim

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas acho que essa é a primeira resenha completa que leio dele. Me surpreendi bastante pela premissa e é claro que fiquei bem curiosa para conferir. Imagino mesmo que a obra apresenta algumas cenas bem chocantes, e sinceramente, eu gosto bastante de ler obras mais reais.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Realmete esse amores abusivos é um problema sério, conheço algumas cituações de abuso verbal e psicológico sério, e esse é um dos motivos que me fez pegar birra de livro de suicidio.
    Gostei da premissa do livro, ele tem um suspense bem forte que me agrada bastante, e quero muita saber que fim levara o monstro.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi..
    Que livro tenso!
    O pior é imaginar quanta gente está nessa situação, que isso não é ficção. ....
    Linda resenha! Parabéns!
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Oi..
    Que livro tenso!
    O pior é imaginar quanta gente está nessa situação, que isso não é ficção. ....
    Linda resenha! Parabéns!
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Não esperava que essa fosse a trama, um relacionamento abusivo ou até pior, eu gostei. Fiquei até com vontade de lê-lo. Adorei a resenha, bem completa!

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu ainda não conhecia esse livro mas eu não o leria. A história até parece ser interessante mas esse tipo de leitura não me agrada. Acho o tema abordado muito importante e serve até como um alerta para quem está passando por algo parecido ou conhece alguém nessa situação, mas eu não consigo ler nada assim.

    ResponderExcluir
  8. Já estive com esse livro várias vezes em meu carrinho de compras e nunca finalizo a compra dele e olha que não é motivo de desinteresse, simplesmente aparece outra coisa mais interessante e acabo deixando de lado. Realmente a trama é atemporal e com certeza só os fortes lerão e entenderão, pois os hipócritas com toda a certeza arrumaram mil e um motivos para desgostar do livro. A verdade dói e são poucos os que a aguentam.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Gosto de tramas assim, atemporais, com mensagens reais. Eu não sei se leria, não porque a história é ruim, porque não achei ruim, pelo contrário, é porque eu não suporto cenas de tortura, não consigo ler cenas em que há alguém sendo subjugado. Mas com certeza a história é capaz de emocionar a todos.

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Tudo bom?
    Nossa... que livro tenso né?
    Nao gosto de livros com violência contra a mulher, ou de qualquer outro tipo, sei que existe isso o tempo todo no mundo, mas não é algo que me atrai a ler. Prefiro ignorar essa parte da humanidade.
    Mas a história parece incrível, e esse vizinho dela deve ser uma pessoa maravilhosa, que bom q a protagonista conseguiu escapar desse relacionamento em algum ponto... muitas pessoas morrem nas mãos de quem abusa.
    Adorei a resenha
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu li esse livro logo depois do lançamento e achei a trama incrivel! Foi um dos primeiros que li sobre essa temática, e até quando li achai a leitura bem intensa e marcante. Foi um livro muito bom, e indico para todos. Inclusive, eu gostei bastante da narrativa da autora.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei chocada com a história dele. Parece ser aquelas leituras bem pesadas, sempre fujo um pouco de livos assim, pois ficaria revoltada, com certeza! Mas mesmo assim, me deu muita vontade de lê-lo agora. Dica anotada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Ótima resenha!
    Anotei a dica para comprar futuramente, sem dúvidas é uma leitura de suma importância.
    Livros que abordam temas como violência contra a mulher, relacionamentos abusivos são de muita importância para nos aprofundarmos no tema e nos prevenir deste tipo de abuso.
    O livro parece ter uma carga dramatica forte.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oioi! Tudo bem?
    Muitas pessoas falam bem demais do livro da Elizabeth Haynes.
    A capa me deixa bem curiosa de como seria tudo e No Escuro sempre deixa os leitores tensos pelas resenhas que ja li.
    Com certeza é um dos livros que mais tenho vontade de ler.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  15. Joanice há tempos estou querendo ler esse livro por toda carga emocional que a protagonista carrega e o tema abordado a violência contra as mulheres, com sua resenha eu fiquei ainda mais curiosa com toda trama que parece ser muito bem desenvolvida. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Olá. Achei a temática do livro muito séria e importante. Esse livro parece ser muito interessante, além de ter os momentos de crueldade como você disse. Eu fui na Turnê da Intrínseca e ele foi comentado lá. Criei grandes expectativas com ele e sua resenha bem detalhada me deu mais vontade ainda de tê-lo.
    Espero ter essa oportunidade.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Jo, que resenha maravilhosa! Amei cada detalhe e saber sua opinião só me deixou mais empolgada com essa leitura! AMO a temática, e acho que a autora fez um trabalho incrível, dado que a obra recebe diversos elogios. No Escuro já subiu alguns "degraus" na minha lista de desejados <3
    Beeeeijos
    Gaby
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu quero ler esse livro. Eu quero ler esse livro. Eu quero ler esse livro... Eu já disse que quero ler esse livro?

    Amo terror psicológico. Acho muito interessante como os autores apresentam a evolução das situações e as consequências diversas para a vítima. Gostei de já saber que Lee será condenado por seu crime, mas quero muito saber essa questão de Cathy e como Stuart conseguirá ajudá-la e se ajudar ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  19. Olá Joanice,
    Esse livro parece, simplesmente, tenso ao extremo.
    Não consigo me imaginar lendo, pois acho que ficaria tão chocada e assustada que começaria a temer tudo e todos. Também não quero nem imaginar pelo que Cathy passou, pois deve ter sido uma coisa terrível.
    Enfim, sua resenha está incrível, mas, infelizmente, eu não teria força para ler esse livro.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  20. Oie
    nossa, eu to mega loca pra ler esse livro, já até o tenho aqui e espero ler em breve para finalmente dizer que amei haha sua resenha me deixou ainda mais curiosa e bom saber que o livro é tão tenso

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Sua resenha ficou muito boa!!
    Eu tenho esse livro a tempos, mas ainda não consegui ler!! Acho o tema muito bom, de extrema importância. Já ouvi falar muito bem da autora em outras obras dela, o que só me deixa cada vez mais curiosa!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  22. A premissa do livro é excelente, mas creio que a leitura seja um pouco pesada em virtude da violência sofrida pela personagem. Tenho muito interesse em ler o livro, pois acho o tema extremamente relevante na sociedade atual. Muito boa a sua resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  23. Jo, meu amor! Sempre vejo esse livro por aí, mas nunca parei realmente pra ler algo a respeito. Nem preciso falar que ADORO essas leituras que chocam os leitores. Como já disse Franz Kafka: "Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós". Nunca pensei que esse livro se tratasse deste assunto. Relacionamentos abusivos tem sido constantemente romantizados, e é importante termos conhecimento desses tipos de relatos para entendermos que, hm hm, não devemos jamais naturalizar isso.
    ótima dica, Jo. Vou ler nos próximos meses.
    Muitos beijos e juro que não vou sumir novamente!

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger