.16 de mai de 2016

[Resenha] De Repente Ana - Marina Carvalho

Título: De Repente Ana
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novas Páginas
Ano: 2014
N°de páginas: 317

Sinopse:
Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste.
Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação.
Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.

Se eu ri muito em Simplesmente Ana em De Repente Ana as coisas mudaram. O livro traz mais tensão e suspense em seu enredo e nossa personagem principal não é mais aquela jovem boba e imatura do livro anterior.

As coisas começam bem no inicio do livro que até achei bem estranho. Advinhei! Ana se mudou de vez para a Krósvia e está muito feliz em ajudar seu pai(que amo) com as atividades sociais de seu país. Ela se formou e está quase noiva de Alex(Homem Lindo, Senhor!) e as coisas aparentemente estão como nos contos-de-fadas.


" - Entenda uma coisa, Ana: quando as pessoas se amam, elas compartilham tudo, inclusive seus problemas, porque sabem que podem contar umas com as outras."


De repente...Suspense...o pai dela(chorei nessa parte) sofre um gravíssimo acidente e fica entre a vida e a morte. Ana fica muito abalada e só piora quando descobre que tem que assumir o lugar de seu pai na gerência da Krósvia. Alex(Fofo!) tenta manter Ana longe disso tudo, porque ela não está preparada e nem emocionalmente bem para uma responsabilidade dessas, entretanto Alex não ganha essa( Triste com meu lindo) e Ana começa a ter que lidar com a burocracia do país e tomar decisões arriscadas.

As coisas começam bem. Só começam, meus amores, porque tem muitas pessoas que desejam o fracasso de nossa princesa e não perdoam o jeito explosivo e imaturo de Ana e bombardeiam os noticiários e revistas com as mancadas da jovem e isso vai deixando a princesa mais abalada e insegura. Ela quase não ver Alex( até eu me sentiria mal longe dele) e isso gera um ciúme doentio de Ana com o assessor dela que vive grudado na princesa e isso faz o bonitão ficar possesso e pronto para matá-lo.

" Ainda assim, a dor que realmente me incomodava, a maior de todas, era estar ciente de que, em pouco tempo, eu poderia devastar a vida das pessoas que mais amava neste mundo."

Porém, algo muito maior está sendo arquitetado e minuciosamente sendo executado. Um sequestro. Ana é raptada e várias acontecimentos abalam o país. Será que a Krósvia perderá seu rei e sua filha em um único momento? Quem são os vilões desses acontecimentos repentinos? Será que Ana conseguirá escapar dessa armadilha mortal?

De repente Ana conquista pela evolução e crescimento de nossa lindíssima e maluca princesa. Ana já é uma mulher mais madura( mas, vacila muitas vezes) e responsável, porém não preparada para assumir um país inteiro do dia para a noite.

Temos um Alex mais compreensivo e profundamente apaixonado(sorte dela) por Ana e capaz de tudo por mantê-la feliz e bem.

O livro não perde em nada para o livro anterior e só aumenta minha admiração pelo trabalho de Marina e quero muito ler Elena e o mais recente livro lançado da autora.

Um conto de fadas recheado de modernidade, suspense, romance e muita diversão.






4 comentários:

  1. Oi, achei a premissa bem interessante. Já tinha ouvido falar do primeiro livro, mas não sabia que tinha continuação, mas gostei desse livro e gostei de saber que a autora desenvolve a personagem e vemos uma mudança na personagem, um crescimento e amadurecimento. Gostei da resenha e vou colocar na lista de desejados os dois livros.
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Achei a premissa super interessante. Com certeza vou procurar pelo primeiro para começar a ler o mais rápido possível, estou gostando da ideia de intercalar um livro mais leve e outro mais pesado e esse livro parece ser a escolha perfeita para isso. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ola flor, ainda não li nada da autora, mas sempre vejo ótimas críticas a respeito dessas obras sobre Ana. O enredo parece ser bem dinâmico, uma leitura rápida e agradável. Pretendo ler um dia.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oiiie
    linda resenha e que bom que curtiu tanto a leitura, eu sou louca pra ler esse livro e o primeiro, parece ser bem legal e gostosa a narrativa dela

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger