.16 de ago de 2016

[Resenha] O Tesouro dos Mares Gelados - Ana Lúcia Merege

Título: O Tesouro dos Mares Gelados
Autora: Ana Lúcia Merege
Editora: Draco
Ano: 2015
N° de páginas: 63
Skoob



Sinopse:
Das selvagens Terras Geladas de Athelgard, o jovem Thorold e seu irmão Karl são enviados em busca da cura para a doença de seu tio e senhor, o poderoso Sigurd Barbagris. Ora rivais, ora aliados, cada um deve liderar sua tripulação numa arriscada viagem até a Ilha dos Ossos, onde o perigo e o inesperado serão seus constantes companheiros de jornada. Entre naufrágios, piratas e criaturas fantásticas, Thorold conhecerá um pouco mais sobre si mesmo e traçará a rota para seu próprio futuro – embora este possa não ser o que imaginava ao partir.Este breve romance de Ana Lúcia Merege revela a origem de alguns dos personagens mais queridos pelos leitores de O Castelo das Águias e segredos importantes também de A Ilha dos Ossos, o segundo volume da série Athelgard.

 
“ Com as bênçãos do mar e a mão no leme, um homem sempre chega ao seu destino. ”

Sigurd Barbagris é o Jarl das Terras Geladas e casado com Freydis e estão ansiosos pela chegada do filho mais velho do irmão do Jarl que lhe destinou um dos seus filhos para ser o herdeiro de seu irmão, porque sua esposa Freydis não pode engravidar.

Todos seus soldados e comandados estão reunidos esperando a chegada do tão sonhado herdeiro das Terras Geladas. Um barco se aproxima e dois jovens desembarcam na casa do Jarl. Seus dois sobrinhos, Karl e Thorold, que foram mandados por sua mãe para possam encontrar seus destinos.

O Oráculo de sua mãe disse que a responsabilidade de escolha de herdeiro das Terras Geladas devia ser de Barbagris e isso gerou uma expectativa muito grande. Karl é o filho mais velho e tem uma ambição sem tamanho o que desperta admiração em seu tio e Thorold é o filho caçula que é forte e sensato e foi apadrinhado pela sua tia Freydis.

Karl é um guerreiro nato e devota suas preces ao Senhor da Guerra, Thýrr, já seu irmão é pacifico e prudente e dedica suas orações ao Senhor dos Mares, Aegir.

É decidido por incentivo de Freydis que os dois jovens disputem uma pequena travessia a uma terra distante dos Mares Gelados atrás dos ossos de um dragão para ajudar na cura da doença de seu tio. Barbagris sofre há anos uma dor lancinante em seus ossos e isso o tornou velho precocemente.

Os dois ganham barcos e marinheiros valentes e experientes e desejam boa sorte um ao outro. Karl está confiante em sua vitória e até mesmo seu irmão também acha isso. Saem em viagem e vivem vários acontecimentos dignos das expedições vikings.

“ Pode lhe dar o nome que quiser em suas preces, mas faça-as ao mar. Porque, numa jornada como a sua, é dele que irá depender o seu destino. ”

Como Karl é imprudente e ambicioso é atormentado por uma tragédia causada por suas irresponsabilidades. Sua embarcação foi acometida por uma tempestade perto da Ilha do Dragão e assim levando um naufrágio e a morte de alguns de seus marinheiros. Isso causou ira nos sobreviventes e rejeição dos mesmo com Karl. Seu irmão Thorold socorre todos e agrega os sobreviventes à sua expedição.

“ Karl podia ser um fanfarão, mas era bom vê-lo animado de novo. ”

Antes disso tudo, Thorold encontra na ilha que parou para dormirem e descansarem antes do seu destino final, uma espada mágica que apenas um cavaleiro valente poderia tirar e também encontrou a jovem Tatyana que estava fugindo dos piratas que a tinham sequestrado e com seus estupros constantes ganhara uma linda bebê que era o motivo de ainda continuar viva.

“ – Então é um bom líder – concluiu a moça. – E um bom homem. Na verdade, o primeiro que encontro há seis estações. ”

Thorold se apaixona pela jovem, mas não deixa transparecer porque a jovem quer volta para sua terra natal e ele se conseguir os ossos será o novo herdeiro de seu tio. Porém o Destino não seria tão bonzinho em facilitar esses sonhos.

O que será que aconteceu com Thorold e seus companheiros ao chegar à Ilha dos Ossos? E seus os piratas os encontrassem? Será que Karl deixaria seu irmão ganhar assim tão fácil?

Karl é um homem bruto e arrogante e pouco se importa com os demais, mas é responsável e mais bem preparado para assumir o trabalho de seu tio. Thorold é prudente e tem outros sonhos. Sempre pensa nos outros do que no que pode ganhar. São diferentes em suas visões e isso gera muitas brigas entre eles.

O enredo é muito bem construído e quando chegamos ao final do livro, desejamos mais páginas e acontecimentos para navegamos mais com os personagens cativantes e aventuras alucinantes.

Gostei muito da capa que traz a imagem fiel de Thorold e suas aventuras e a diagramação é com letras grandes e folhas amarelas que ajudam muito na leitura.





13 comentários:

  1. Curtinho poucas paginas assim dá vontade de pegar para ler agora.
    Adorei a resenha
    bJU
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Acho muito importante que a diagramação parece ser tão boa, torna a leitura mais gostosa ainda.
    Amo quando os livros nos cativam tanto a ponto de querermos mais páginas para nos aventurarmos.
    A leitura realmente parece ser muito agradável e cheia de travessuras e já anotei a dica, ainda mais pelo fato de a capa traduzir exatamente a obra. Ótima resenha.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Gostei muito da premissa do livro, gosto muito das lendas nordicas e essa história pelo que pude ver, bebe muito da fonte. Eu tenho muita vobtade de ler O Castelo das Aguias e estou adorando a forma que a autora esta expandindo o mundo

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    nossa, é tão bom quando terminamos um livro e ficamos com aquele gostinho de quer mais. Eu ainda não li o livro, mas fiquei bem interessada nessa trama, deve ser ótima.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Oii Jo, tudo bem? Tua resenha ficou linda, como sempre. Esse livrinho tem uma premissa ótima e achei muito interessante, apesar das poucas páginas fiquei com vontade de ler. Que bom que gostou tanto!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie
    muito legal sua resenha, espero poder indicar a alguns amigos pois eu mesma não sou muito fã desse gênero, bela dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem?

    A capa achei bem feinha ao contrário de você, o gênero bem juvenil curto bastante, mas não consegui me sentir tão atraída por essa história. Vou indicar a leitura para minha irmã de 0 anos, com certeza ela irá gostar.

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi!!
    A capa não chamou muito a minha atenção, mas pela tua resenha deu para perceber que vale a pena dar uma chance a história, alem do mais tem poucas páginas, bom para ler numa tarde.
    Vou colocar ele na minha lista, quero ler essa aventura do início ao fim.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Nossa, acredita que nunca tinha escutado falar desse livro?!
    Gostei da premissa, me chamou a atenção. Acho que mistura fantasia com aventura ne? Gosto mto desse genero e a capa está belissima, a ilustração ficou otima e tudo a ver com a historia pelo que eu li.
    Adoro qdo os blogs trazem diferentes leituras para gente e com isso conhecemos mais autores e livros.
    Vou tentar ler mesmo, acho que vou gostar tanto como você.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Oi. Parece ser um bom livro, daqueles que Lemos em uma sentada. Vou anotar o nome para ler depois. Adorei o enredo do livro, faz muito meu estilo de leitura.

    ResponderExcluir
  11. Sou fã da Ana desde que li Castelo das Águias! E já quero ler esse!!! Amo esses livros rápidos e super legais *---*
    Me orgulho cada dia mais da nova fase da literatura nacional <3
    bjs - Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
  12. Eu não conhecia esse livro ainda, mas confesso que o universo do livro não me atraiu muito como leitora.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que graça esse livro. Adoro essas histórias infanto-juvenis com uma pegada de aventura. Nunca li nada da Editora Draco, mas tenho me deparado com ótimas resenhas de seus livros. Adorei a premissa da obra, talvez eu arrisque a leitura, pois creio que gostarei.

    Tatiana

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger