.15 de set de 2016

[Resenha] A Escolhida #1 - Amanda Ághata Costa

Título: A Escolhida #1
Autora: Amanda Ághata Costa
Editora:Arwen
Ano: 2015
N° de Páginas:452
Sinopse:
Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota perdida na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais. Através de sua aparência impecável e feições delicadas, ninguém conseguiria supor quem ela é e o que gosta de fazer: um anjo com sede de sangue, sempre disposta a ceifar novas vítimas. Porém, tudo muda quando é capturada por dois feiticeiros e levada para o círculo, lugar onde eles vivem sob a liderança de Egran, um homem cruel que não mede esforços para conseguir o que quer. Em meio a várias mudanças repentinas, terá de enfrentar suas convicções a fim de descobrir um lado de si mesma que não imaginava existir. Será que o amor vai fazer brotar a alegria em seu coração? Ou ele irá arrastá-la diretamente para a morte? Ari será capaz de finalmente superar o próprio passado sombrio ou sucumbirá a ele, deixando pelo caminho mais um grande rastro de destruição?

“— Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um só lugar. ”
                              
Um Romance Fantástico cheio de aventuras e mistérios assombrosos aliados com revelações para lá de sobrenaturais que fazem o leitor só desgrudar os olhos do livro quando a história terminar.

Ariali ou Ari como gosta de ser chamada é uma jovem de dezoito anos que foi abandonada (o que ela pensa) por seus pais e fora criada por uma mulher amável e afetuosa chamada Lina. Com essa idade ela adora descontar sua raiva nas pessoas. Algo bem comum em jovens dessa idade, mas com Ari já não é bem assim, ainda mais sendo filha de uma anja e  de um demônio. Já sabemos então que ela não é uma garota comum e muito menos humana. E também não sabe de suas origens, mas apenas pensa em sua dor e deseja ardentemente que seus pais sofram por terem a deixado.

“[...]. Existem pessoas que surgem em sua vida para mudá-la integralmente. Do início ao fim. Que vão do céu ao inferno para salvá-lo e, depois de tudo, elas ainda lhe garantem que os dias são fáceis, o universo é bonito e que você é a razão de tudo isso. ”


Sua rota de fuga é matar. A cada vazio que assola a mente da jovem um turista é morto pela cidade de Lostcity. Só assim Ari se sente plena e extremamente aliviada de seus pesadelos. O seu lado demônio tem destruído toda sua bondade e com ela as suas asas vão caindo e levando o pouco que resta de angelical em sua vida.

“Eles não me definem, mas fazem parte do que sou.”

Em um dos seus assassinatos pelo metrô da cidade, Ari é abordada por dois homens: Edlan e Luke. Dois feiticeiros que foram mandados por Egran para levarem a jovem para o Círculo. O Círculo nada mais é que um refúgio para os feiticeiros e seu atual governante quer os serviços da hibrida para finalizar seus planos e encontrar um artefato bem poderoso e que pode destruir qualquer um que se meter em seu caminho.

Com muita relutância e incapacidade de exercer seus poderes contra os dois feiticeiros, Ari é levada a Egran e torna-se “súdita” do Mestre. Ela o odeia e percebe que todos têm medo dele, mas são incapazes de tirarem ele do poder. Ela acha que eles são fracos e covardes, mas após sua convivência com Luke e sua irmã Vincy, ela descobrirá que Egran simplesmente matou os pais dos dois jovens para alcançar a posição que está hoje e não mede esforços para eliminar quem quer que seja para alcançar seus anseios.

“Através dos tropeços ao longo destes dezoito anos, aprendi que os que mais sor- riem são aqueles que mais se mutilam com a angústia. ”

Ari é uma jovem fechada e independente. Sempre se isolou de todos. Nunca permitiu amar e apenas chorou quando Lina faleceu. Agora era apenas ela. Quando chega ao Círculo as verdades da jovem são jogadas na lama. Ela se apaixona perdidamente por Luke que corresponde a esse amor proibido e perigoso e torna-se amiga de Vincy e suas companheiras. Uma nova Ariali nasce naquele lugar. Uma versão que sempre anuncia uma tempestade de sofrimento e perdas que estará chegando muito em breve.

Luke é um jovem forte e amoroso e muito imprevisível e é o responsável pela mudança em Ari, pois fica sabendo do passado da jovem assim que a toca. Ele tem o poder de olhar o passado das pessoas e foi assim que ele acabou descobrindo as origens obscuras da menina. A mãe de Ari é Annabelle que é Guardiã dos Portões Celestiais e que caíra na cilada de se apaixonar por um demônio que apenas a usou para chegar ao Céu. Desse amor nasceu Ari e que é considerada uma aberração no meio sobrenatural e que é alvo de muitos inimigos.

“Todo o gelo que há em meu ser transforma-se rapidamente numa gigantesca poça d’água. ”

Em meio a uma guerra entre o Bem e o Mal....entre o Céu e o Inferno, Ari terá que enfrentar seu próprio caos. Ela pode ser uma arma superpoderosa e que ela nem sabe o porquê, mas é uma jovem que ainda está sofrendo por descobrir tantas coisas em um curto espaço de tempo. Não permite nem que ela assimile tudo, além de estar apaixonada agora por um feiticeiro e ser manipulada por um Mestre egoísta e ordinário.

“As diferenças poderiam ser ameaças. ”

Algo maior está sendo arquitetado e Ariali é a peça principal desse plano. Mas quem são os reais vilões dessa história? Por que sua mãe a abandonou sem ao menos tentar visitá-la nesse tempo todo? Por que existia uma guerra interna entre seu lado demônio e anjo em sua mente? Por que Luke a amava? Quem estava contando a verdade?

A Escolhida é o primeiro volume de uma saga fantástica e bem delineada. Temos um enredo sobrenatural, romântico e fantástico ao mesmo tempo entrelaçado a personagens construídos de forma muito bem elaborada e sem falhas.

Ariali é a personificação da luta humana entre o Bem e o Mal em nossas mentes. Ela não é nem boa e muito menos má. É junção das duas forças que a fazem ser uma criatura única, poderosa e perigosa para todos, mas que a própria jovem desconhece essa verdade, por isso se acha fraca e malvada por essência igual ao seu pai.

“[...] é mais fácil pedir para ser compreendido do que tentar compreender o outro. ”

Luke é um jovem marcado por perdas precoces e um amadurecimento antecipado necessário para a criação de sua irmã caçula Vincy. Um homem forte e cheio de feridas que está desesperadamente apaixonado por Ari e que ver nela a salvação de sua vida. Já a personagem Vincy, é a irmã mais nova de Luke e dona de uma personalidade forte e avassaladora. Não se intimida com ninguém e nutre um ódio mortal contra seu mestre. A morte de seus pais será vingada.

Os pais de Ari são pouco explorados nesse primeiro volume, porque aparecem em alguns acontecimentos apenas para explicarem um passado turbulento e escuro para sua filha e mostrar um futuro mais horripilante e violento que está ainda por vim.

A narrativa é feita por Ari e os acontecimentos ganham mais veracidade com os comentários dela através de seus pensamentos, o que acaba nos tornando até íntimos da personagem. A capa do livro para mim foi algo indiferente, pois não gostei e nem odiei. Fiquei no meio termo. Mas a Editora Arwen fez um ótimo trabalho apesar de tudo. A diagramação está muito bem apropriada para qualquer leitor e a editora está impecável na revisão ortográfica dessa literatura nacional. Não encontrei nenhum erro nessa edição.


Agora mais do que nunca estou bem ansiosa pelo segundo volume, já que o primeiro terminou em um acontecimento bem turvo e embaralhado e que na verdade me deixou bastante angustiada com o futuro dos meus personagens prediletos: Ari e Luke

É um livro que RECOMENDO, porque irá te prender durante as páginas.

Para quem gosta de Literatura Fantástica/Romance é um prato cheio! Leiam sem medo!


15 comentários:

  1. Oie

    Eu comecei tem pouco tempo ler histórias fantásticas e esse livro já estava na minha lista, mesmo não tendo lido nenhuma resenha até então, a sua foi a primeira.
    Gostei bastante e acho que não vou me decepcionar! Também fico angustiada com finais assim, não vejo a hora de saber o que vem depois.
    Vou tentar ler o mais breve.

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu achei a premissa do livro muito interessante e já faz um certo tempo que pensei em le-lo, nas duas coisas estão me fazendo adiar: um certo trauma de anjos, depois de uma sequencia de livros ruins e por ser uma série, qye estou evitando começar até terminar as que já comecei

    ResponderExcluir
  3. Oi, JOanice
    Eu gosto bastante de fantasias e a premissa desse livro é interessante. Nao sei se leria no momento, apesar de todos os elogios. Ainda mais sabendo que tem continuação (tenho tantas séries para continuar). Mas não descarto a possibilidade de ler um dia, pois gostei muito de seu ponto de vista. Obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Desconhecia a obra, mas gostei bastante da premissa e costumo ler bastante obras do gênero. Fico feliz em saber que gostou do livro e estou muito curiosa para saber como foi o desfecho desse primeiro volume para te deixar tão angustiada em relação aos personagens Ari e Luke. Espero que os pais de Ari sejam mais explorados no segundo volume.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O que dizer dessa capa? Maravilhosa!
    Eu, infelizmente, estou meio cansada de fantasia com jovens. Parece tudo tão mais do mesmo... Sei la! Acho q não estou na fase... Fico feliz q tenha curtido a leitura, desejo todo sucesso a autora é mt bom ver autores nacionais ganhando espaço nas estante não é?

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu estou curiosa com a leitura desse livro desde a postagem que vi sobre o lançamento. Eu ainda não tive a oportunidade de conferir, e posso dizer que vou gostar bastante dessa história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Eu sou louca para ler esse livro. Li apenas os primeiros capítulos e fiquei muito curiosa para ver o que vem pela frente. Acho que quando eu for ler também vou ficar com uma vontade louca de ler o segundo volume.

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Esse livro está na minha lista já faz um tempo, e cada resenha que leio fico cada vez mais e mais ansiosa pela leitura. Adorei a premissa e o livro tem tudo que vai me agradar, romance, fantasia mistério. Tenho certeza que vou gostar.
    Sua resenha ficou muito bem escrita e estruturada, parabéns.
    Amei os quotes que você escolheu.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Joaneice, tudo bem?
    Eu li "A escolhida" no ano passado, antes mesmod e a autora conseguir uma editora. Lembro de ter gostado muito, apesar de ter me incomodado com as tantas frases de efeito ao longo do livro. Porém, de qualquer forma, estou ansiosa pela continuação.
    Encontrei a autora na Bienal e ela me disse que a edição publicada pela Arwen está um pouco diferente, então acabei comprando um exemplar e espero reler em breve.
    Ao contrário de você, eu sou apaixonada por essa capa. Mesmo.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  10. Não curto muito fantasia. São raras as exceções.
    A sinopse não me chamou muito atenção, embora sua resenha esteja ótima e bem atrativa para a leitura do livro.
    Vou guardar a dica para amigos que curtem essa linha literária.

    #Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Oie
    gosto muito dessa acha e sempre vejo muitos elogios do livro, tenho uma leve curiosidade pela história pois a autora parece ser muito boa

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu já li esse livro <33 ele é muito foda, envolvente e realmente lindo! Lembro que só senti falta de um clímax, mas nada que atrapalhasse a leitura. Sua resenha ficou ótima, ótimos quotes também!

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Menina eu não conhecia esse livro.
    Amei a sua resenha!
    Que capa linda, que história incrível!
    Anotei a sua dica e espero poder ler essa história em breve

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Ola Joanice leio muitos elogios a esse livro, ainda não consegui ler, me fascina esse universo entre o bem o mal, demônios e anjos são temas que sempre me desperta curiosidade mesclado a uma linda resenha como essa, serei obrigada correr para começar a leitura. beijos

    Parabéns pela resenha, nossa faz tempo que não leio nada do Batman e sua resenha me faz quere sair lendo tudo com relação ao personagem. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Oi!!
    Já li comentários ótimos sobre esse livro e estou com ele aqui na minha estante, espero ler ele logo. Opa o final é de deixar o leitor ansioso pelo próximo livro, isso já me deixou com mais vontade de correr na estante e começar a leitura.
    Espero me sentir bem próxima da personagem, assim como você se sentiu, isso torna a leitura mais envolvente e instigante.
    Beijão!

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger