.17 de mar de 2017

[Resenha] Sedução em Seda - Loretta Chase

Título: Sedução da Seda # 1 - As Modistas
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
N° de páginas: 304
Sinopse:
Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon.
Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna.O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas.Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.
“ – Você perdeu o juízo? – Perguntou ela.
- Não sei se perdi o juízo, mas perdi meu coração. ”

Loretta Chase mostra em Sedução da Seda que pode simplesmente transformar-se como uma lagarta em metamorfose sua escrita de estirpe divertida e humor equilibrado em uma escrita detalhista, sofisticada e cheia de romantismo.


Nossa personagem principal é Marcelline Noirot irmãs mais velhas de três mulheres ambiciosas, cativantes e determinadas. Juntamente com suas irmãs Sophia e Leonie são modistas de muita qualidade e exímio talento para a moda e são proprietárias de um ateliê que é bem respaldado em Londres, mas anseiam impetuosamente pela cliente mais badalada do momento: Lady Clara Fairfax que é prometida para o duque de Clevedon e que possui um estilo de se vestir antiquado e fora de moda.

Marcelline arquiteta um plano infalível. Conquistar a confiança de duque de Clevedon e assim atrair sua futura esposa para o ateliê Maison Noirot para preparação do enxoval de casamento da lady. A jovem morena se prepara para seduzir esse homem que tem uma fama de imoralidade maior que sua cobiçada fortuna. Ela viaja para Paris para colocar seu plano em ação, mas não sabe que duque de Clevedon é mais sedutor do que os homens que ela já enganou.

Em Paris Marcelline torna-se alvo de cobiça de todos os homens inclusive de Clevedon e assim atrai para perto de si seu objeto de conquista. O duque encantar-se freneticamente pela senhora Noirot e transforma sua estadia na capital da moda em um divertido jogo de gato e rato. Nenhum dos dois estava preparado de que um simples flerte nascesse uma paixão fulminante e visível.


Os dois retornam a Londres após uma fuga inesperada de Marcelline de Paris para esconder-se do duque e da tentação de se entregar-se a ele. Quando retornam à capital londrina as más línguas ecoam pela cidade e envenenam a honra da jovem mãe (ela ficou viúva quando seu marido Charlie morreu num surto de uma peste na Europa) e fazem que a família de Lady Clara declare guerra contra as atitudes impensadas do duque e mancham a imagem da doce Clara para a sociedade de Londres.

Marcelline e o duque cada dia tornam-se mais próximos e assim fica claro que um sentimento nasceu de um encontro com intuito de golpe. Os dois apaixonaram-se sem perceber e agora vivem um dilema indecoroso: O duque é prometido em casamento desde a infância com Lady Clara e não pode romper de forma algum esse compromisso, pois foi essa família que o acolheu quando seus pais morreram e ele ainda acredita que ainda ama Clara e no outro lado Marcelline é apenas uma lojista, uma mera comerciante e mãe solteira e esconde uma maldição familiar que se descoberta pode fazer que sua loja seja arruinada.


“ Por um instante, ela estivera vulnerável. Por um instante, precisara dele. Por um instante, ele fora importante para ela – ou, pelo menos, acreditou ser.”



Em uma história de romances impossíveis e mulheres ambiciosas e determinadas que Marcelline e duque de Clevedon terão que fazer escolhas que podem mudar suas vidas e famílias.

Será que o amor falará mais alto que os contratos sociais? Será que duque de Clevedon tem certeza que ama Lady Clara? Qual o segredo da família de Noirot que pode destruir tudo que conquistaram?

O romance em si me chocou bastante. Loretta aqui é outra autora. Toda a leveza, sagacidade e humor que existe em O Príncipe dos Canalhas e O Último dos Canalhas desaparece quase por completo. Temos uma história densa, intensa e carregada de mistérios que permeiam a vida dos personagens.

“Ela não era apenas a desenhista da Maison Noirot, mas também sua alma. ”

Marcelline Noirot é a mais velha das irmãs Noirot e é muito exigente em tudo que faz. Perdeu seus pais quando tinha nove anos e teve que cuidar de suas irmãs sozinha e assim cresceu com um senso de responsabilidade enorme. É uma mulher de frieza extrema, visionária, apaixonada por moda e uma mãe protetora e amável. Quando seu caminho cruza com o do duque ela percebe que o amor que ele lhe oferece não é feito para ela. A madame Noirot não se sente merecedora de amor vindo de ninguém, principalmente de um homem nobre.


O duque de Clevedon é um homem muito parecido com lorde Belzebu de O Príncipe dos Canalhas. É uma pessoa de atos imorais e uma paixão incontrolável por mandar. Recusar-se a não ter tudo que quer é por isso que vai atrás de Marcelline. Ela é um desafio para ele, mas não pensava que acabaria dando de cara com o amor e ficando completamente perdido no turbilhão de sentimentos que a vida jogou em seu coração.

As irmãs de Marcelline são divertidas e bem unidas. Planejam cada passo de suas vidas de forma conjunta. Sophia tem talento para transformar escândalos em manchetes de jornais divertidas e favoráveis ao seu empreendimento. Leonie é a mulher da contabilidade e dona de um gênio forte e calculista. A filha de Marcelline, Lucie, é uma criança encantadora e bem manipuladora quando quer as coisas, igual sua mãe.

Os detalhes sobre moda e o desenvolvimento da indústria têxtil em Paris e Londres foi muito bem inserido no enredo do livro e transformou-se em um diferencial glorioso nessa nova versão da autora.


O final do livro foi uma redenção para os personagens uma libertação para mim que sofreu demais com todos os problemas que Marcelline e o duque de Clevedon tiveram que passar juntamente com a família Noirot.

A capa do livro traduz toda a sensualidade, sofisticação e romantismo de Sedução da Seda que aliada a diagramação com letras grandes e folhas amareladas transformaram a leitura em uma verdadeira contemplação de uma peça de Shakespeare.

Sedução da Seda vem para dar início a uma série que arrancará suspiros dos leitores e encantará com facilidade e destreza que apenas Loretta Chase tem.


26 comentários:

  1. Olá,

    Eu tenho certo preconceito literário com romance de época, mas estou procurando a acabar com isso e sua resenha me ajudou bastante. Eu achei a trama da história bem instigante, parece ser bem envolvente e inovadora, isso me anima muito. Adorei sua resenha e as fotos estão maravilhosas, parabéns! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!
      Espero que goste bastante.
      Comece pelos mais leve sem pressão.

      Obrigada...estou melhorando nas fotos <3

      Excluir
  2. Joanice,

    Essa série não conseguiu me convencer. É aquilo... O que seria dos 50 tons se todos gostassem de Dom Casmurro... hahahaha. Mas em compensação suas fotos de divulgação ficaram eu ficar apaixonada! Quero fotos assim pros meus livros! hahahahah
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá linda,

      Eu também sou assim, gosto ou não haha

      Obrigada pelos elogios sobre as fotos...estou melhorando com algumas aulas *_*!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?

    Eu quero aquele leque vermelho para colocar na minha coleção! Preciso dele mais do que preciso de ar kkkk

    Sim, eu tenho uma coleção de leques.

    Sim, eu tenho problemas com romances de época, mesmo que o livro tenha uma pequena aula de história, então dessa vez vou passar a dica para uma amiga que AMA romances antiguinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda,

      Também tenho uma coleção relativamente grande de leques haha.
      Tenho azul, rosa, vermelho, laranja, branca e preto haha.

      Somos as loucas dos leques kkk.

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá!

    Que capa linda! Apesar de eu não curtir romances de época, acabo aprendendo um pouco cada vez que leio uma resenha. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!

      Gosto mais do Príncipe dos Canalhas da Loretta, mas o segundo dessa série aqui é melhor do que o primeiro.

      Beijos!

      Excluir
  5. Olá! Confesso que esperava ter gostado mais, mas tive alguma dificuldade com a leitura. Fiquei sentindo que algo não encaixou. De qualquer forma, foi um bom romance. Quero muito ler o segundo, que tem a irmã que mais me interessou. Sei que sou suspeita, porque amo azul, mas esta capa - como as suas fotos valorizaram - é linda demais! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda,

      O segundo é beeeem melhor, porque esse primeiro traz uma personagem um tanto esquisita e a segunda é mais divertida e teimosa.

      Obrigada pelos elogios nas fotos!
      Beijos!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Não gosto muito desse gênero, e apesar da capa ser linda e sua resenha positivo, vou passar a dica dessa vez.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oiii!

    Eu não comecei esse livro ainda, mas preciso!!!
    Amo a escrita da Loretta e fiquei com o lançamento dessa série. Gostei de ver sua resenha e tenho certeza que vou adorar!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda,

      Vai gostar sim, porque é bem divertida e diferente da anterior.

      Beijos!

      Excluir
  8. Oiee, tudo bem?

    ainda não li o livro, mas algumas amigas leram e gostaram bastante, já conheço a escrita da autora e espero poder ler esse tbm.

    Bjs Jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda *_*

      Vai gostar muito, porque Loretta arrasa com os livros que propõem a fazer.

      Beijos!

      Excluir
  9. Oii Joanice, tudo bem
    Quanta foto linda garota, fiquei muito feliz de ler a sua opinião por mais que eu não seja muito apaixonada por romances de época, quem sabe futuramente eu leia.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi gatona,

      Obrigada pelos elogios tecidos sobre as fotos.

      Beijinhos!

      Excluir
  10. Já acompanhei várias resenhas desse livro e sempre busco saber mais para ter certeza de que será uma boa leitura, afinal esse gênero não é um dos que eu mais gosto. E agora, confesso que estou a um passo de me render a essa história <3 parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, linda.

      Que bom que te convenci a ler haha

      Beijos!

      Excluir
  11. Eu amo romance de época, então acho que vou adorar esse livro e a série, preciso adquirir para conhecer a narrativa da autora. Obs.: adorei a sua resenha (bem completa) e as fotos.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Amo romances de época e tenho bastante curiosidade em ler essa série. Acho as capas lindas e as premissa mais ainda. Amei conhecer mais sobre o livro, parece ser uma história bem fascinante, envolvente e apaixonante, pretendo ler em breve. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Tenho muita vontade de ler essa série, mas ainda não rolou.

    Ai, será que, quando ler, viu conseguir separar bem o Belzebu deste? rs

    Bem, está na lista de desejados faz um tempinho, logo que der lerei.

    Fiquei curisa sobre a maldição.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Amo romances de época e sou doida pra ler essa trilogia por causa dos diversos elogios que já li e também pela premissa que é um tanto diferente dos demais livros do gênero que já li e pela densidade que você disse que o romance contém, o que me deixa muito curiosa.
    PS: as capas são maravilhosas!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Joanice lindona adoro essa autora, amei esse livro a começar pela capa, adoro a sagacidade da protagonista e os punhos de nosso protagonista, que dupla hein, concordo que nesse livro temos mais mistério e até ação, o que só engrandece a maravilhosa escrita da autora. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  16. Joanice, tudo bem?

    Menina, sua resenha representa praticamente tudo que senti ao ler esse livro. É mesmo lindo, embora sofrido. É romântico, é encantador... Adorei a forma que as modistas foram retratadas, todas muito inteligentes e empoderadas. Tô lendo o segundo, até agora amando!

    E essas fotos? Lindas!

    Beijos

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  17. Olá, nunca li nada dessa autora e leio pouco romances de época, mas tenho na minha estante os "O Príncipe dos Canalhas" e "O Último dos Canalhas" e depois que ler e gostar da escrita da autora, procurarei ler essa série, que me parecer ser bem interessante.

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger