.8 de mai de 2018

[Resenha #14] Retratos de uma vida - Naty Rangel

Título: Retratos de uma vida
Autora: Naty Rangel
Editora: Ler Editorial
Ano: 2017
N° de páginas: 193
|| Livro cedido em parceria com a autora ||



Sinopse:
Na adolescência, Jennifer precisou superar a perda dos pais e a traição do namorado com sua melhor amiga. Mas o tempo e o irmão inseparável deram a força que ela precisava para seguir adiante.
O emprego dos sonhos é a primeira de muitas conquistas e é só o começo de uma sessão de flashes emocionantes em sua vida. Ela está prestes a conquistar o coração de alguém bastante improvável, mas terá que lutar para superar os obstáculos que estão por vir. 
Retratos de Uma Vida narra a história da fotógrafa Jennifer Torres, seus conflitos no início da vida adulta, as dificuldades para conseguir um bom emprego e a descoberta do amor. Um livro que experimenta a fórmula teen dos dramas americanos em nossa cultura, trazendo uma história repleta de superações e reviravoltas.

Retratos de uma vida fala sobre recomeço, superação e a esperança de que todos vão cruzar com o amor em suas diversas formas e assim nos sentir vivos.

Jennifer Torres é uma jovem que está muito feliz em ter conseguido o emprego dos sonhos numa conceituada revista de celebridades no Rio de Janeiro. Ela tem vinte e cinco anos, porém carrega uma bagagem de desilusões, perdas e abusos imensos.

Quando tinha quinze anos perdera seus pais num acidente de carro no Canadá – onde eles moravam na época – e simplesmente não sabia mais que rumo tomar na vida. Seu irmão Lucas que a ajudara a se recuperar após essa perda repentina. O que ela não esperava é encontrar seu namorado Patrick transando com sua melhor amiga durante seu luto e depressão e após isso seu mundo ruiu e o melhor a fazer fora se mudar juntamente com seu irmão para o Brasil para viver com sua tia.


Ela se tornara uma mulher forte, sorridente, engraçada, fotógrafa com um bom olho para fotos fantásticas, porém desconfiada com as intenções masculinas e por isso não nutrira nenhum sentimento amoroso por qualquer homem, porque a confiança se fora quando Patrick a usou de todas as formas horrendas possíveis. Só que a vida sempre nos traz o que mais necessitamos nos momentos mais cruciais e por isso seu caminho se cruza com Victor, o dono da revista na qual trabalha.

Victor se apaixona perdidamente pela sua mais nova funcionária no dia que a entrevista para a vaga de assistente de seu melhor fotógrafo. Não é uma paixão carnal, mas um sentimento que vai crescendo com as investidas incansáveis dele em Jenn. Ele sabe que está ultrapassando os limites profissionais, porém o seu coração não ouvia a razão e por isso se joga sem medo na vida de Jennifer para conquista-la a qualquer custo.

Os dois se envolvem, todavia a vida não é uma comédia romântica ou muito menos um drama de Nichollas Sparks e os mundos de ambas se colidem quando fantasmas do passado adentram sua relação e jogam uma escuridão sombria e devastadora sob seus corações apaixonados e colocando em risco sua união.

Será que o amor pode resistir realmente a qualquer coisa? E você se envolveria com seu superior no emprego? Será que realmente o amor não se atrela a razão? E não será o Amor, o sentimento mais libertador do mundo?

“Eu poderia morrer naquele momento e provavelmente seria enterrada com um sorriso enorme no rosto.” p. 137


Jenn é uma mulher extremamente confiante, forte, madura e muito amável com todos e por isso conquista com facilidade a afeição de todos ao seu redor, porém debaixo de seu sorriso largo vive a sombra de um passado doloroso e o medo de um fantasma psicopata lhe encontrar e lhe proporcionar o retorno de lembranças horríveis e inesquecíveis que a tornaram desconfiada com qualquer homem que se aproxima dela.

Victor é um homem de sucesso, decidido, poderoso e lindo. Ele sempre é ocupado e tem tendência a jogar seu charme nas suas candidatas ao trabalho, porque quer saber se elas infligiriam a regra de não ter relacionamento no local de trabalho e Jenn com sua investida lhe garante um belo tapa e por isso ele se apaixona por ela, só não sabia que ela tinha muitos dilemas e barreiras internas que teria que enfrentar.

“Mas por que ela tinha que ser assim tão complicada? E por que eu a amava tanto que chegava a doer?” p.145

Lucas – ou Luke para os íntimos – é o irmão mais velho de Jenn e é maravilhoso demais. Ele é amoroso, compreensivo, amigo e super engraçado em tudo que fala. Ele é gay e quando ele fala dos boys é diversão na certa. Ele normalmente apoia a irmã em suas empreitadas e ficaram muito mais unidos após a perda de seus pais.


O enredo é pautado na redescoberta de Jennifer como mulher e amante. O encontro dela com Victor é algo necessário para ele fechar um capítulo cruel e devastador em sua vida. Victor é como fosse um meio de sua transcendência para um avanço espiritual e isso me deixou bem feliz com o livro.

Claro que nem tudo são rosas nos livros e algumas cenas hot me incomodaram, porque seguia um claro protocolo da autora. Elas não são extremamente detalhas, porém são várias e isso pesa quando uma obra tem poucas páginas, porém a escrita da Naty é muito cativante e gostosa de ler.

O livro tem uma sequência e terminou num ponto bem interessante e sem muitas pontas soltas, então minha ansiedade é moderada rs.


A capa do livro é bem fofa e por isso me encantei pelo livro, todavia ela não demonstra a intensidade do enredo e senti falta de aviso que o conteúdo é adulto. A fonte é padrão da editora e as folhas são confortáveis para leitura.

Retratos de uma vida é uma história envolvente, romântica, dramática e fortemente verossímil e por isso conquista os leitores facilmente. 


20 comentários:

  1. Nossa, eu não sabia desse livro e eu amei a capa, fiquei encantada. Gostei de conferir sua opinião sobre e fiquei curiosa, irei colocar na minha lista para ler futuramente, parabéns pela bela resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amo essa capa! Já li sobre o livro pela internet e parece mesmo uma ótima história. Ele já está em minha lista de leitura!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que coisa mais linda!! E essas fotos que não consigo parar de olhar??
    Obrigada pelo carinho que apresentou meu trabalho, fico muito feliz que tenha agradado e espero que as próximas leituras sejam ainda mais!

    Um grande beijo!
    Muito sucesso!
    Naty Rangel

    ResponderExcluir
  4. Tudo bem?!
    Não conhecia o livro.
    Amei as fotos tiradas.
    Em um primeiro momento não me interessei pela leitura. A capa está bem atraente mesmo.. Mas não me interessei.. Vou anotar a dica, caso posteriormente venha a querer ler algo assim.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  5. Poxa eu me apaixonei pela capa. E se eu fosse me basear apenas dela,não imaginaria que teria conteúdo adulto =/;

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Poxa eu me apaixonei pela capa. E se eu fosse me basear apenas dela,não imaginaria que teria conteúdo adulto =/;

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  7. Eu nao conhecia seu blog e achei de uma fofura sem igual, parabéns! To namorando esse livro tem um bom tempo e uma pena que tenham tantas cenas hots, principalmente pelo seu tamanho, acaba se tornando algo batido, né? Ainda assim, espero ler o quanto antes e tirar minhas próprias conclusoes.

    ResponderExcluir
  8. Poxa, que coisa hein... Realmente a capa e a diagramação estão cativantes uma pena não ter esse aviso que é Hot, porque dessa forma eu também descartaria... Achei desnecessário ter uma continuação... O livro não tem nem 200 páginas, poderia englobar parte 1 e 2 dentro de um mesmo título, mas enfim...

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  9. Oiii

    Eu não gosto de livros que esbanjam cenas hot, até entendo que às vezes uma ou outra seja inserida na história dentro do contexto, mas de forma gratuita eu não gosto e quando são varias geralmente é o tipo de leitura que evito. Adorei a capa e parece ser legal pra quem curte o gênero, mas de momento confesso que não seria um livro que leria.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Jo! Eu preciso dessa criatividade para fazer minhas fotos, onde eu arrumo...kkk
    Eu amei a capa do livro e a história parece ser muito interessante mas, eu não curto livros com cenas de sexo, na verdade acho desnecessário para a maioria das histórias. Mesmo assim, fico feliz que tenha gostado dele e feito essa indicação para os leitores.

    Beijos e abraços
    http://resenhasdaviviane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, a capa desse livro é simplesmente linda mas como eu não gosto de livros extremamente hot passo a dica de hoje. Adorei a sua resenha, seu blog é lindo e estou seguindo viu? beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que me surpreendi ao descobrir que ele tem um conteúdo mais adulto. Pela capa, eu ia jurar que era um romance adolescente. Acho que faltou um pouco de cuidado na edição, porque a mensagem que a capa passa é de um livro totalmente diferente.
    De qualquer forma, achei a premissa interessante e fiquei até curiosa para conferir. O que me desanimou um pouco foi saber do excesso de cenas hot. Não me incomodo com esse tipo de cenas, mas não gosto quando elas acontecem com tanta frequência, especialmente em um livro tão pequeno.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e a sinceridade com que falou sobre o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Joanice. Eu gostei de ver a sua opinião com a leitura, eu gosto do gênero, mas quando há cenas hot de maneira a cansar a leitura isso também me incomoda. Tem autoras que defendem o ponto de que se o livro é erótico precisa ter muitas cenas hot mesmo, mas eu sou mais do lado de que precisa haver uma balança na qual as cenas eróticas não fiquem mais do que a trama em si.

    ResponderExcluir
  14. Estava me interessando até você falar das cenas hot e da continuação, aí desisti, principalmente por causa das cenas hot, que não curto. Realmente a capa, apesar de linda, não está adequada. Mas acho que ia adorar o irmão da protagonista se decidisse ler.

    ResponderExcluir
  15. Realmente, num livro com poucas páginas o excesso de cenas eróticas pode atrapalhar, mas depende muito da proposta, se for romance romântico, como me parece ser, realmente por de não ficar muito legal.

    ResponderExcluir
  16. Que fotos lindas.. A resenha também esta ótima! Estava animada no começo com esse livro pois parece bem levezinho mas só de saber que o livro exagera nas cenas hot já fiquei meio assim :/ mesmo assim vou ver se encontro mais coisas sobre o livro pois parece ter personagens muito bem trabalhados <3

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Nunca na vida que eu ia olhar para essa capa e imaginar mais que uma história adolescente, é linda, me encantou, mas não passa a mensagem. De qualquer forma eu gostei da premissa, gostei da sua resenha e pretendo ler quando tiver um tempo na agenda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Joanice, gostei no livro, ou pelo menos do que li na sua resenha. O fato de ser um reencontro da personagem consigo mesmo e do enredo poder ser verossímil, me ganharam.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  19. Ola
    Que livro curtinho.
    Tenho os dois em e-book e não consegui ler no mes passado, que tirei pra ler somente e-books, mas tem um enredo legal e fiquei curiosa.
    Mas estou preocupada com o hot. Leio livros assim mas quando o hot é um complemento na história e não a cada capitulo.....
    Mas como tenho o dois livros vou dar uma chance, na hora certa. Adorei as fotos.
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Olá Joanice,
    Gosto muito de obras que nos apresentam esse redescobrimento dos personagens como mulheres e amantes, mas achei o pano de fundo meio batido, se apaixonando pela funcionária e etc. Entretanto, não posso negar, que fiquei curiosa para saber o que vou achar quando ler esse livro e como ele vai me mudar também.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger